uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Recuperar o que vale a pena

Edição de 16.09.2009 | O Mirante dos Leitores
Querer recuperar coisas antigas a eito não tem razão de ser. Recupere-se o que tem interesse e valor. Acabe-se com o que não adianta nem atrasa. O passado não é para manter se não tiver valor. Gastar o dinheiro de nós todos, que seria melhor aplicado na construção de coisas novas com interesse e futuro, em inutilidades do passado não se compreende. Recuperam-se lavadouros, fontanários, escolas do Estado Novo feitas em todo o país a partir de um projecto único, ao mesmo tempo que se continuam a degradar monumentos e peças com valor histórico e cultural. Tem que haver equilíbrio. Tem que haver uma avaliação. Nos casos de valor sentimental, ou seja, de objectos ou construções que apenas valem por questões afectivas, defendo que sejam as pessoas interessadas a promover a sua recuperação ou a contribuir para que ela se faça.Jerónimo Santos

Mais Notícias

    A carregar...