uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Descargas em ribeiro do parque industrial de Vila Franca de Xira incomodam população

Descargas em ribeiro do parque industrial de Vila Franca de Xira incomodam população

Queixas sobre água esverdeada, maus cheiros e espuma branca a céu aberto

Há vários meses que um dos ribeiros do parque industrial de Vila Franca de Xira está a ser usado como veículo de descargas de efluentes que incomodam a população que ali passa diariamente.

Edição de 21.10.2009 | Sociedade
Os maus cheiros e a água esverdeada com espuma que corre a céu aberto no parque industrial de Vila Franca de Xira, mesmo às portas da cidade, está a revoltar a população que ali passa diariamente para trabalhar. Um dos ribeiros que atravessa o parque industrial está a ser utilizado por várias indústrias como veículo de descarga de líquidos que a população teme serem perigosos para a saúde. O problema agrava-se com o tempo quente e já se arrasta há vários meses sem solução à vista. “O cheiro fica mais intenso e esta área fica cheia de mosquitos e ratos”, critica Cristina Pereira, que trabalha num dos armazéns ali próximo e realiza diariamente o trajecto paralelo à ribeira. “Levar com este cheiro logo pela manhã não é muito agradável”, garante. A população e alguns empresários do parque industrial desconfiam que as principais descargas são feitas a coberto da noite e receiam que, com o aproximar da época das chuvas, estas se tornem mais frequentes. “Não me admiraria que agora com a chegada das chuvas as empresas comecem a despejar os resíduos com maior frequência e até em plena luz do dia porque não se nota tanto o problema”, acusa um empresário a O MIRANTE. Muitos dos populares ouvidos pelo nosso jornal garantem já ter sentido “mais do que uma vez” o cheiro nauseabundo de águas paradas no local. “Pode acontecer que haja também gente a aproveitar para descarregar fossas ou contentores aqui na ribeira durante a noite”, refere Inocêncio Pereira.Segundo outro popular, Armando Sousa, “não é possível saber de onde vêm as descargas porque esta é sempre uma situação complicada que tanto pode vir de empresas aqui perto como de esgotos domésticos de oficinas ou estaleiros”, defende. Para outros populares a falta de um separador é outro dos problemas. “Qualquer pessoa pode tropeçar e cair lá dentro. Até mesmo uma criança”, afirma outro popular ouvido pelo nosso jornal.A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira disse a O MIRANTE que a linha de água tem merecido anualmente “uma limpeza por parte dos SMAS de Vila Franca de Xira” e que a situação actual será objecto de uma nova avaliação por parte dos serviços técnicos “com vista à sua resolução”, explicou a autarquia. Muitos dos populares ouvidos pelo nosso jornal garantem já ter sentido “mais do que uma vez” o cheiro nauseabundo de águas paradas no local.
Descargas em ribeiro do parque industrial de Vila Franca de Xira incomodam população

Mais Notícias

    A carregar...