uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Poluição na Vala Real

Poluição na Vala Real

Edição de 25.11.2009 | O Mirante dos Leitores
Caros leitores, o meu nome é Carlos Alberto Vieira Fernandes, tenho 38 anos, moro no Vale de Santarém e sou director da Sociedade Recreativa Operária e presidente da secção de pesca desportiva desta Sociedade.É com bastante tristeza minha que venho aqui falar neste assunto que tanto me preocupa - poluição da vala real – que já por diversas vezes foi falado aqui neste jornal mas que continua a passar ao lado de tudo e todos, ou seja, do poder local – câmaras municipais de Rio Maior, Santarém e Cartaxo. Passo a citar alguns dos esgotos que correm a céu aberto para a vala real. Pecuárias e vacarias que existem desde Rio Maior até à zona da Póvoa da Isenta; esgoto que vem de São Domingos e desagua na zona ponte d´Asseca; Etar do Vale de Santarém que não funciona, sendo os esgotos da vila despejados, sem tratamento, directamente para a vala. Esta situação da  etar do Vale já  foi aqui falada neste  jornal por diversas vezes, uma das quais pelo sr. George d´Almeida, antigo presidente de junta, em 25-01-2006. A vila tem cerca de quatro mil habitantes e os despejos para a vala Real ou vala d´ Asseca contribui para problemas graves de ambiente e saúde pública. Na altura a câmara municipal de Santarém assegurou que o problema se resolvia com cinco mil euros, mas até hoje continua na mesma. Mas os esgotos não tratados não se ficam por aqui. Existe na zona de Vila Chã de Ourique um que corre a céu aberto até à vala na zona da ponte Ferreira e outro no Cartaxo que desagua no Setil e mais alguns que eu nem consigo enumerar mas também não é preciso porque a Vala real de Vala não tem nada, é um esgoto autêntico.Será que ainda não é tempo de cumprirem com as promessas eleitorais de há tantos anos a esta parte? “Prometemos que se ganharmos vamos despoluir a vala”; prometemos que se ganharmos vamos fazer uma Etar aqui uma Etar ali e por ai fora…Eles ganharam, mas a vala está cada vez mais poluída. Cada vez há mais peixes mortos no inverno, porque de verão nem vê-los. Cada vez mais a saúde publica está em perigo porque o esgoto de hoje é a agua que bebemos amanhã, mas para eles a saúde e os peixes não contam, o que conta é eles ganharem as eleições.Eu; Carlos Alberto Vieira Fernandes sou director da SRO do Vale de Santarém, sociedade essa que não vê fundos da CM de Santarém desde 2007, nesta SRO existe uma secção de pesca desportiva na qual eu sou o presidente, a secção tem cerca de 25 pescadores 10 dos quais federados, nós os pescadores gostávamos um dia muito próximo de vir a pescar nesta nossa vala, coisa que não acontece há mais de 25 anos, por isso contamos que a câmara de Santarém  venha a fazer alguma coisa no que à Vala Real diz respeito. Gostava de lembrar ás forças politicas do distrito de Santarém que esta Vala Real ou Vala da Asseca, noutros tempos serviu para centenas de pessoas fazerem piqueniques, tomar banho, pescar enfim passarem momentos de lazer.Carlos Alberto Vieira Fernandes
Poluição na Vala Real

Mais Notícias

    A carregar...