uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Águas do Ribatejo abre posto de atendimento ao público em Benavente

Empresa intermunicipal disponibiliza também site na Internet com Balcão Digital
Edição de 03.03.2010 | Sociedade
A Águas do Ribatejo abriu em Benavente a primeira de uma série de unidades de atendimento ao público que estão projectadas para o futuro. A iniciativa faz parte de uma política de proximidade ao utente, que inclui também a abertura do site oficial da empresa intermunicipal e uma parceria com a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidore no sentido de sensibilizar para o consumo racional da água.A Águas do Ribatejo tem, desde as 09h30 de 1 de Março, um posto de atendimento ao público, situada na Avenida Engenheiro António Calheiros Lopes, junto à igreja, em Benavente. O espaço é composto por um balcão de atendimento e uma sala de espera para cerca de dez pessoas, onde existe também um plasma para divulgação de informação útil aos utentes. Este é o primeiro equipamento de uma série de unidades que estão projectadas para o futuro nos seis municípios que fazem parte da empresa intermunicipal: Benavente, Almeirim, Alpiarça, Chamusca, Salvaterra de Magos e Coruche. “O objectivo é aproximar a empresa dos utentes através da criação de um equipamento autónomo que não o espaço das câmaras municipais, com outras condições e maior comodidade e onde há possibilidade de os utentes apresentarem as suas reclamações, sugestões e pedirem esclarecimentos”, referiu António José Ganhão, vice-presidente da Águas do Ribatejo. Também para o presidente do conselho de administração da empresa este é um passo importantíssimo no sentido de “esclarecer todos aqueles que não têm compreendido a nossa acção”. José Sousa Gomes explicou que “de momento está a ser feito um investimento de 80 milhões de euros e esse esforço implica sustentabilidade”. A Águas do Ribatejo tem sofrido ao longo dos últimos tempos a contestação de alguns utentes ao nível da facturação e dos tarifários, factor que leva a administração da empresa intermunicipal a adoptar esta postura de proximidade com as populações, no sentido de prestar esses esclarecimentos. “Não teríamos tarifários que penalizassem a nossa acção senão os que são absolutamente necessários. Também somos utentes, também pagamos a água e quanto menos pagarmos melhor”, realça José Sousa Gomes. Nesta data foi também inaugurado o site oficial da Águas do Ribatejo, o qual está em funcionamento e disponível para os utentes em www.aguasdoribatejo.com. O espaço está dividido em três áreas distintas: um menu que organiza as diversas áreas da empresa, um espaço de notícias relacionadas com a Águas do Ribatejo e um menu de utilidades para os utentes.Através do site, os clientes podem aceder ao “Balcão Digital”, onde depois de se registarem podem aceder a leituras, gestão dos contratos, visualização de facturação e consumos, comunicação de anomalias e pedidos de esclarecimentos, reclamações ou sugestões. A Águas do Ribatejo anunciou ainda a assinatura de um protocolo com a DECO (Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores) no sentido de desenvolver uma campanha de sensibilização dos utentes para o consumo racional da água.

Mais Notícias

    A carregar...