uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Vivificante Serafim das Neves

Vivificante Serafim das Neves

Edição de 07.04.2010 | E-mails do outro mundo
Fiquei a saber que há uma coisa chamada Assembleia Distrital de Santarém que apesar de não ter qualquer utilidade nem sequer funciona, está condenada a continuar a existir e a pagar os salários aos seus funcionários. É o altruísmo do Estado levado ao extremo. Um exemplo de protecção laboral que deveria merecer elogios dos sindicatos se eles fossem justos e não andassem sempre a protestar esquecendo-se de elogiar os bons exemplos.Senhores sindicalistas. A Assembleia Distrital manterá ao seu serviço, até haver uma reforma administrativa e política do Estado, os seus trabalhadores, apesar de não ter nada para lhes dar a fazer. E pagar-lhes-á, pontualmente os seus vencimentos até eles se reformarem. Isto não vos merece um simples comentário?!! Arre gaita! Vocês são demais. É só deitar abaixo. Só deitar abaixo.Também ando entusiasmado com a actividade frenética do responsável pelo Turismo de Lisboa e Vale do Tejo. Ainda bem que o cargo foi entregue a alguém que conhece a região e sabe como atrair turistas. O ex-presidente da câmara de Alpiarça, Joaquim Rosa do Céu, é um visionário. Vê lá tu as antigas casas dos pescadores na aldeia do Patacão, por exemplo. Foi ou não foi uma estupenda ideia deixar que elas se fossem degradando e enchendo de ervas e de lagartixas? Quem é o turista nórdico que resiste a visitar umas ruínas daquelas?E Rosa do Céu tem a sorte de ter a colaborar consigo outros grandes estrategas do desenvolvimento turístico, como o antigo presidente da Região de Turismo do Ribatejo, Carlos Abreu. Aquela ideia de ter placas a indicar uma Rota do Vinho junto a adegas falidas e a vinhas decrépitas, se for bem divulgada pode ser um sucesso a nível do segmento “Turismo Bizarro”. Já estou a ver hordas de jovens ingleses e alemães excêntricos, de máquinas de filmar em riste a fazerem curtas-metragens para festivais da especialidade do Borundi e do Burkina Faso.Serafim. Não sei se leste as entrevistas que o senhor secretário de Estado das Florestas, Rui Barreiro, deu recentemente. Eu li e fiquei deliciado. São declarações que fazem jus ao cargo. Baforadas de sapiência que nos esmagam. Uma autêntica floresta virgem de inteligência aguda. Nós já o conhecíamos e admirávamos dos tempos em que era presidente da Câmara Municipal de Santarém. Mas agora está mais refinado. Mais acutilante. Mais…mais…Rui Barreiro!!!E aqui está outro caso de alguém que não esquece os amigos. Nomear o seu ex-vereador Pedro Pimenta Braz para inspector-geral da Agricultura foi uma daquelas decisões que só enobrecem quem as pratica. Eu tenho estado atento ao meu e-mail. E tu? Se ele fez aquilo ao Braz, não me admirava nada que se lembrasse de nós para outros lugares que há para preencher. Afinal não somos nós amigos de longa data??!!!Para terminar deixo um louvor aos jovens do combate à pobreza de Alpiarça que já vieram anunciar que não aceitam ver os seus ordenados reduzidos. Menos de dois mil e quinhentos euros são ordenados de miséria, alegam eles. E alegam bem. Afinal há militantes do PS da idade deles a ganhar cem vezes mais nas grandes empresas…e nem uma moedinha costumam dar aos arrumadores porque têm lugar reservado nos parqueamentos privados. Saudações florestaisManuel Serra d’Aire
Vivificante Serafim das Neves

Mais Notícias

    A carregar...