uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Moção contra eventual alienação de terrenos da Companhia das Lezírias

Edição de 28.04.2010 | Sociedade
A maioria do Bloco de Esquerda (BE) na Câmara de Salvaterra de Magos apresentou uma moção, na última reunião do executivo, onde se mostra contra a possível alienação de terrenos da Companhia das Lezírias (CL), localizada em Samora Correia, concelho de Benavente. Uma moção que foi aprovada por maioria com os quatro votos dos autarcas do BE, registando-se três abstenções dos vereadores Hélder Esménio e João Simões (PS) e Jorge Burgal (PSD).“Várias declarações públicas do ministro da Agricultura (António Serrano) revelam a intenção de avançar com a alienação do património público afecto ao ministério, seguindo as práticas do seu antecessor (Jaime Silva) que, entre 2006 e 2008, procedeu à alienação de mais de 25 imóveis, entre edifícios, terrenos e herdades, tendo até criado um grupo de trabalho para a questão do património. É público que a CL, no passado, correu o risco de ser privatizada”, pode ler-se na moção apresentada pelo vereador bloquista Luís Gomes.O BE afirma ainda na moção apresentada que a Companhia das Lezírias, “como propriedade pública que é, deve ser incluída num banco público de terras para responder às dificuldades e promover acções de investigação, experimentação e demonstração que apoiem a actividade agrícola”, concluem.

Mais Notícias

    A carregar...