uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Um jovem ás do volante

Um jovem ás do volante

Edição de 16.06.2010 | Primeiro Plano
Tem apenas 15 anos. André Silva, algo embaraçado mas desinibido, conta que começou a conduzir aos 11 anos, resultado da convivência com o mundo dos motores. A meio da tarde de sábado, 12 de Junho, fez as delícias da pequena multidão que se juntou para ver o primeiro Motor Show em Ourém, exibindo os seus dotes ao volante. O seu sonho é tornar-se piloto de Drift, uma técnica de direcção de carros, e no próximo mês de Julho vai participar no seu primeiro campeonato, o Drift Unit. Estar a conduzir um carro, refere, é como ser uma criança com um brinquedo novo. Mas “nunca me vou cansar, adoro aquilo”, comenta. O pai, Carlos Silva, foi um dos organizadores do Motor Show e André Silva a jovem vedeta da tarde. O Parque Linear em Ourém serviu de pista. “O espaço é um pouco pequeno, mas dá para fazer umas coisas”, refere, apontando gostar do recinto e da cidade.Até se tornar um verdadeiro piloto ainda lhe falta aprender muita coisa, comenta. Contudo, André Silva não treina, praticando apenas por altura dos espectáculos. “É muito tempo a conviver com pessoas desta área”, explica.Encontra-se a frequentar o 8º ano. Na escola, refere sorrindo, os colegas têm muita curiosidade sobre as suas habilidades. “Eles fazem-me muitas perguntas e eu tento responder”, comenta, destacando que as principais dúvidas vão para o funcionamento do carro. Conforme nota, nenhum deles sabe conduzir e gostam de saber como funciona um automóvel.Afirma que ter aprendido a conduzir não lhe traz mais sucesso junto dos amigos. Passa a mão pelos cabelos, baixa os olhos, sorri. “Sou uma pessoa normal, como as outras”.No Parque Linear em Ourém, junto ao Centro de Negócios, aguardavam-se entre 400 a 500 carros até ao fim do Motor Show, no domingo. O apoio da Câmara Municipal de Ourém motivou os elogios de Carlos Silva, que sublinhou a vontade de regressar à cidade e ao concelho, beneficiando das boas estruturas que existem. “Acho que a nível do desporto automóvel podia-se fazer aqui muita coisa”, referiu. “Ourém tem potencial para atingir o nível de Braga”. “O espaço mete respeito, as pessoas já me deram os Parabéns”, comentou.
Um jovem ás do volante

Mais Notícias

    A carregar...