uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Petroibérica continua a investir apesar da recessão

Prémio Empresa do Ano

Na Petroibérica a filosofia é estar à frente. O futuro é que vale. A empresa está a criar uma rede nacional de abastecimento de gasóleo rodoviário para frotistas de fornecimento automático sem operadores e iniciou uma operação de internacionalização dos cartões frota que permitirá o abastecimento a crédito em qualquer ponto da Europa. O segredo é não haver tempos mortos.

Edição de 16.06.2010 | Suplemento Galardão Empresa do Ano
A empresa do ano 2008 constituiu-se em 1992, encontra-se sedeada em Fátima, concelho de Ourém, e tem 80 colaboradores. A empresa comercializa e distribui produtos petrolíferos - como fuelóleo, gás e lubrificantes - e betumes asfálticos. Tem 1000 clientes industriais e vende mais de 180000 toneladas de produtos petrolíferos. A distribuição directa para clientes industriais, transportadoras e empresas de obras públicas é assegurada por uma frota de 18 viaturas.Foi o primeiro distribuidor a nível nacional a implementar um sistema de cartões frota nos 34 postos de abastecimento e Centros Automáticos Sem Operador que a empresa possui, permitindo aos clientes usufruírem de crédito e descontos. É a primeira em Portugal na comercialização directa de Ad-Blue nos postos de abastecimento. Foi a primeira empresa deste sector a obter certificação do sistema de gestão da qualidade ISO 9001:2000. Na comercialização e distribuição de ligantes betuminosos, forneceu obras de referência como foi o caso da Ponte das Lezírias, entre Carregado e Benavente, onde forneceu mais de 6,5 toneladas de ligantes betuminosos. Em 2008 atingiu um volume de negócios de 110 milhões euros, crescendo 24 % relativamente ao exercício de 2007. Os resultados líquidos foram de 1,1 milhões de euros, tendo uma evolução de 28 % face ao ano anterior. Apesar da recessão continua a desenvolver-se e a investir. O investimento previsto para o ano de 2010 é de 2,2 milhões de euros. A empresa continua a investir na expansão da rede de retalho, abrindo dois novos postos em cada ano.Está a criar uma rede nacional de abastecimento de gasóleo rodoviário para frotistas de fornecimento automático sem operadores. Iniciou uma operação de internacionalização dos cartões frota que permitirá o abastecimento a crédito em qualquer ponto da Europa. E responde à agressividade das companhias petrolíferas estabelecendo parcerias no âmbito da rede de retalho com cadeias de distribuição alimentar, comércio tradicional e várias associações.

Mais Notícias

    A carregar...