uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Terrenos de acesso à plataforma logística vão custar à câmara de Vila Franca um milhão de euros

Edição de 08.06.2011 | Sociedade
Mais de um milhão de euros é quanto a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira vai ter que pagar para o processo de aquisição de terrenos que serão necessários para efectuar a ligação da Estrada Nacional à rotunda de acesso à nova Plataforma Logística da Castanheira do Ribatejo.Na última edição de 2 de Junho O MIRANTE noticiou que a verba de 385 mil euros que a autarquia tinha reservado para a aquisição dos terrenos, teria disparado para perto de 4,5 milhões de euros, mas a autarquia garante que o valor é menor. A câmara não reservou os terrenos de ligação que se encontravam classificados como Reserva Agrícola Nacional (RAN) e Reserva Ecológica Nacional (REN), antes de passarem a zona industrial no novo Plano Director Municipal (PDM) que entrou em vigor. “A aquisição de terrenos deu-se numa altura em que já decorria o processo para entrada em vigor do novo PDM, em que os terrenos estavam propostos passar a ter classificação de multiusos. Uma das maiores parcelas de terreno tinha já, no antigo PDM, a classificação de terreno multiusos e não de RAN ou REN. Assim, a reserva de terrenos com a classificação de RAN ou REN não seria possível”, informa a autarquia, que vai ter de assegurar para o efeito pouco mais de um milhão de euros. Os acessos para a auto-estrada A1 estarão a cargo da Brisa. Em relação à reparação das estradas municipais da Vala do Carregado, que se encontram danificadas devido à passagem de viaturas pesadas quando se construía as infra-estruturas para a instalação da plataforma, vão ser requalificadas pela ABERTIS, conforme um acordo celebrado. A intervenção da câmara neste projecto tem, segundo a autarquia, por objectivo permitir que o concelho de Vila Franca de Xira e a freguesia de Castanheira do Ribatejo venham a ter um papel preponderante no país na área logística, beneficiando também o desenvolvimento económico e social, desde logo através de melhores acessibilidades.

Mais Notícias

    A carregar...