uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Homem de Foros de Salvaterra aparece morto dentro do carro

A vítima estava a cerca de quatrocentos metros de casa e apresentava golpes no pescoço
Edição de 10.08.2011 | Sociedade
A Polícia Judiciária está a investigar as circunstâncias em que morreu um habitante de Foros de Salvaterra, concelho de Salvaterra de Magos. O corpo de António Belas, de 59 anos de idade, foi encontrado na segunda-feira, 8 de Agosto, dentro do seu carro. Apresentava golpes no pescoço e no interior da viatura foi encontrada uma faca de cozinha.Foi um morador da zona que, por volta das nove horas, estranhou a presença da viatura no local e depois de ter ido ver o que se passava, deu o alarme. António Belas, que trabalhou na Associação de Regantes de Coruche, estava reformado por motivos de doença. Segundo a presidente da Junta de Freguesia de Foros de Salvaterra, Rosa Nunes, o falecido era “bastante” conhecido e estimado na localidade e não arranjava conflitos com ninguém. “Desde que o conheço e à sua família nunca tive conhecimento que o senhor António se envolvesse em confusões. Era uma pessoa pacata”, afirma.A meio da manhã vários populares estiveram junto ao local onde a viatura estava estacionada, à beira da estrada. Segundo O MIRANTE apurou no local, o falecido, que era casado e tinha um filho, tinha estado na noite anterior no Café Leal tendo saído por volta das 21h00. “Esteve na brincadeira com os amigos e estava bem disposto, bebeu um copo de vinho como habitualmente mas nada de mais. Quando se foi embora achei que ia para casa. Fiquei chocado quando soube o que aconteceu. Conheço-o há muitos anos e nunca pensei que uma coisa destas pudesse acontecer. É uma situação muito estranha”, referiu um morador que não se quis identificar. O local onde o corpo foi encontrado é uma pequena estrada de terra batida a cerca de 400 metros do local onde morava. Quem conhecia António Belas diz que não era pessoa de se meter em ‘zaragatas’ nem em confusões. Alguns estavam admirados com a situação e sem saber o que pensar sobre o sucedido.

Mais Notícias

    A carregar...