uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Homem que incendiou casa da ex-companheira em Alpiarça fica em prisão preventiva

Edição de 11.01.2012 | Sociedade
O homem que pegou fogo à casa da ex-companheira em Alpiarça, alegadamente por razões passionais, vai ficar em prisão preventiva a aguardar julgamento por ordem do juiz que o ouviu em primeiro interrogatório. O homem, de 29 anos, que foi detido pela GNR ainda dentro da casa quando os bombeiros apagavam o incêndio e que estava visivelmente embriagado, foi conduzido na segunda-feira ao Estabelecimento Prisional de Leiria. A situação ocorreu no sábado à noite na habitação na Rua Manuel Paciência Gaspar, também conhecida por rua do Casalinho, em Alpiarça. Não se registaram feridos porque na altura não estavam pessoas em casa. Quando os bombeiros foram alertados para o incêndio, no sábado por volta das 20h00, foi informada a GNR que fez uma busca à casa e encontrou o homem ainda no local, tendo-o detido de imediato e levado para o posto da vila. Foi necessária a intervenção dos Bombeiros de Alpiarça e de Almeirim, com duas dezenas de elementos, e uma hora para dar o incêndio, que consumiu duas divisões, como extinto.O fumo intenso acabou por causar danos em todas as divisões da habitação e dificultou as buscas iniciais dos bombeiros, que tiveram que partir alguns vidros de janelas para facilitar a ventilação da casa. Duas horas antes já tinha havido uma tentativa de incendiar a casa. Nessa altura os bombeiros compareceram no local e depararam-se com um pequeno foco no estore de uma janela que dá para a rua. Nesse momento os bombeiros verificaram que havia um intenso cheiro a petróleo.Os serviços de acção social da Câmara de Alpiarça foram informados da situação e forneceram roupa aos desalojados e leite e bens de primeira necessidade. A mulher e os dois filhos menores de idade estão a viver provisoriamente em casa de familiares.

Mais Notícias

    A carregar...