uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Afonso Costa “deu um tiro no pé” ao afastar os jovens da votação no orçamento participativo

Afonso Costa “deu um tiro no pé” ao afastar os jovens da votação no orçamento participativo

JSD diz que regras são ridículas e que presidente da Junta de Alverca merece a indignação popular
Edição de 08.02.2012 | Sociedade
O presidente da Junta de Freguesia de Alverca, Afonso Costa (PS), foi descuidado e deu um tiro no pé ao não ter permitido que os jovens com menos de 18 anos pudessem votar no orçamento participativo da freguesia. A opinião é de David Ferreira, presidente da Juventude Social-Democrata de Vila Franca de Xira, que diz estar “surpreendido” com a decisão da junta de Alverca de incentivar os jovens a apresentarem projectos mas limitar o voto apenas aos cidadãos recenseados na freguesia. Diz o líder da JSD que Afonso Costa se “meteu a jeito” de ser criticado e que merece a indignação popular que cresce entre os jovens da cidade. “O presidente da junta diz que o sistema de voto vai ser melhorado. Mas quando algo começa mau até chegar a bom é preciso subir muitos degraus. A junta não pensou nos jovens e não fez uma análise coerente. Quando se fala numa fraca participação cívica nas discussões do orçamento participativo é impressionante vedar aos jovens a participação. Isso deixa-me revoltado”, diz o líder partidário acrescentando que teria a mesma posição se estivesse em causa um autarca do PSD. David Ferreira, 20 anos, estudante de economia e líder da JSD de Vila Franca desde Abril de 2011, diz que as explicações de Afonso Costa não convencem e refere que apresentar um projecto ao orçamento participativo “implica defender, explicar e expor os projectos. Afonso Costa tem de se explicar às populações e explicar aos jovens e aos pais porque motivo fez uma carta de princípios em que escreve que podem participar todos os cidadãos que se relacionem com a freguesia e depois diz que só podem votar os que são eleitores. É uma carta ridícula”, opina. O responsável da JSD diz também que a freguesia de Alverca tem tido “uma evolução muito fraca” no que toca a iniciativas para os jovens. O MIRANTE contactou Afonso Costa que não fez qualquer comentário até à data de fecho desta edição.Recorde-se que os habitantes têm até sexta-feira, dia 10 de Fevereiro, para apresentarem os seus projectos candidatos à verba de 15 mil euros do Orçamento Participativo de 2012. Os projectos vencedores serão conhecidos no dia 25 de Abril e as obras ficarão concluídas até ao final do ano.
Afonso Costa “deu um tiro no pé” ao afastar os jovens da votação no orçamento participativo

Mais Notícias

    A carregar...