uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Movimento ProTejo acusa Espanha de não libertar água para o Tejo

Edição de 29.02.2012 | Economia
O ProTejo, Movimento pelo Tejo, considera que a seca que se sente no Ribatejo “está a ser induzida ‘artificialmente’, uma vez que Espanha não obriga o operador hidroelétrico das barragens da Estremadura a descarregar parte dos 2.610 hm3 de água que actualmente armazenam”.Em comunicado, o movimento assegura que o caudal em Portugal, depois de Cedillo, se encontra no “limiar mínimo” estipulado na Convenção de Albufeira e “muito abaixo do caudal enviado para o levante espanhol pelo transvase Tejo - Segura”.Para o ProTejo, “a descarga de apenas uma parcela da água armazenada nas barragens da Estremadura poderia aumentar o caudal do rio Tejo e afastar o cenário de seca do Ribatejo”.Segundo afirma, a água armazenada poderá deixar de estar disponível “se vier a ser construído um novo transvase da Estremadura para o levante espanhol”, decisão tomada em 2009 pelo Governo espanhol e que poderá ser retomada no futuro plano hidrológico da bacia do Tejo em Espanha, em vias de ser publicado.

Mais Notícias

    A carregar...