uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Fátima Machacaz

Fátima Machacaz

40 anos, Presidente da Junta de Freguesia da Barrosa/ Técnica oficial de contas, Barrosa

“A minha vida tem sido sempre a poupar. Nunca esbanjei dinheiro nem nunca gastei mais que aquilo que ganho, por isso não tive de cortar em nada. Mas isto está mais complicado que nunca e vai piorar.

Edição de 26.04.2012 | Agora falo eu
Ferve em pouca água?Depende muito das situações. Mas com o tempo e com tudo o que tenho aprendido já controlo melhor as emoções. O que geralmente me enerva mais são as situações de falta de respeito. Não chego a gritar mas barafusto e falo um pouco mais alto. Nos dias que correm conta todos os cêntimos que gasta?A minha vida tem sido sempre a poupar. Nunca esbanjei dinheiro nem nunca gastei mais que aquilo que ganho, por isso não tive de cortar em nada. Mas isto está mais complicado que nunca e vai piorar. Nas compras privilegia os produtos de marca branca?A minha regra é optar, sempre que possível, pelos produtos portugueses. Se tiver alguma confiança também compro alguns produtos de marca branca. No caso dos detergentes olho sempre para os mais baratos, mas por um cêntimo ou dois também não vou comprar algo que não preste. Depois existem sempre alguns produtos de marca a que estou habituada e prefiro gastar mais para ter qualidade. Seria capaz de roubar se estivesse numa situação completa de desespero?Não, tenho a certeza que nunca o faria. Pedia, enfim, tentava arranjar uma solução, mas nunca conseguiria roubar. Se estivesse com o Primeiro-Ministro Passos Coelho o que lhe dizia?Que deveria contactar ainda mais com a realidade das pessoas para ver as consequências de muitas medidas que o governo está a tomar. Sinto que se está a fazer uma política de gabinete e que quem decide não imagina a situação grave em que já se encontram muitas famílias.Alguma vez andou num transporte público sem pagar bilhete?Aqui na Barrosa não existem muitos transportes públicos para isso poder acontecer (risos). Ando mais de carro mas nunca entrei num transporte público sem pagar bilhete. Prefere o sofá ao desporto?Só pratiquei desporto na escola e depois ainda cheguei a andar uns três meses num ginásio mas não tinha mesmo tempo. Sei que o deveria praticar, mas também não o troco pelo sofá (risos). Tento incentivar a minha filha para que pratique. É uma mulher que aprecia um bom copo de vinho?Bebo sempre água. Só uma vez por ano ou outra é que bebo uma cerveja ou um copo de vinho branco. Gosto, mas não sou uma grande apreciadora. Gostaria de ter o comboio a passar pelo concelho de Benavente?Toda a gente gosta de ter tudo na sua terra, mas precisávamos de analisar se seria um investimento que se justificasse ou não. O comboio traz muitas mais valias, mas também mudaria um pouco a nossa comunidade já que traria muitas pessoas de fora. Em Samora Correia, devido às ligações rodoviárias, já se verifica que a maioria das pessoas não têm ligação entre si. É bom viver numa terra, como a Barrosa, onde toda a gente se conhecePensa muito na morte?Vivo o dia-a-dia. É claro que não gosto de envelhecer, acho que ninguém gosta. Mas não penso na morte, não é um assunto que me preocupe.
Fátima Machacaz

Mais Notícias

    A carregar...