uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Saúde, justiça e segurança em Ourém preocupam deputados do PSD

Edição de 18.07.2012 | Política
Os deputados eleitos pelo Partido Social Democrata (PSD) no distrito de Santarém visitaram na semana passada o concelho de Ourém para perceber como estão as áreas da saúde, justiça e segurança no concelho. O grupo de deputados e elementos da concelhia do PSD de Ourém reuniram com o presidente do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Serra D’Aire, José Oliveira, onde analisaram a situação actual do concelho de Ourém. Segundo o presidente da concelhia do PSD de Ourém, Luís Albuquerque, Ourém é o concelho do território do ACES da Serra d’ Aire com menos recursos e onde os cuidados de saúde são mais deficitários. “Tivemos conhecimento que existem cerca de 12 mil utentes sem médico de família e continuam a faltar sete médicos para que a situação seja normalizada”, referiu o também vereador na câmara municipal.A visita prosseguiu com uma reunião no Tribunal Judicial de Ourém onde participaram três magistrados que exercem funções em Ourém, o delegado da Ordem dos Advogados do concelho e cerca de duas dezenas e meia de advogados também do concelho. Os magistrados expuseram as suas opiniões sobre a reorganização do mapa judiciário do país tendo manifestado a sua “oposição” a algumas medidas previstas que, na sua opinião, podem penalizar o concelho de Ourém. Os deputados tiveram conhecimento que o número de processos que correm actualmente no Tribunal de Ourém está desfasado dos números que serviram para a proposta de reorganização do mapa judiciário. Os deputados sociais-democratas comprometeram-se em entregar à ministra da Justiça os elementos referentes ao número de processos a correr no tribunal da cidade e manifestar-lhe a “preocupação” dos magistrados e advogados que trabalham no Tribunal de Ourém em relação a algumas medidas previstas.A visita terminou com uma reunião com a GNR de Fátima, onde o grupo de trabalho teve conhecimento dos números referentes à sinistralidade rodoviária no concelho de Ourém. Ficaram a saber também o número de efectivos e equipamentos disponíveis.

Mais Notícias

    A carregar...