uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Tentativa de recorde de imobilidade no Festival de Estátuas Vivas de Tomar

Tentativa de recorde de imobilidade no Festival de Estátuas Vivas de Tomar

António Santos, “Staticman”, vai estar na Praça da República para tentar entrar no Guinness Book
Edição de 12.09.2012 | Sociedade
Sob o mote “Viagem à Idade Média” decorre nos dias 14, 15 e 16 de Setembro a III Edição do Festival de Estátuas Vivas, em Tomar. A iniciativa propõe aos visitantes um regresso ao passado centrado em figuras proeminentes da História de Portugal mas também no quotidiano do povo. Este ano, o festival alarga-se do Convento de Cristo ao Castelo de Almourol, em Tancos (Vila Nova da Barquinha) e à vila de Dornes (Ferreira do Zêzere). De acordo com a organização, há um aumento da oferta de iniciativas dedicadas às crianças, bem como de animação em geral mas “a cereja no topo do bolo” será a tentativa de novo recorde mundial de suspensão, por parte de António Santos, também conhecido como “Staticman”, que celebra este ano 25 anos de carreira. O recorde do mundo está na posse do grupo Magic Twins, com o tempo de 200 minutos, realizado em Santiago do Chile. A partir das 16h00 de sábado, “Staticman” vai estar na Praça da República. Inicia a sua prova meia hora depois das restantes estátuas vivas ocuparem os seus lugares e, se aguentar firme no seu posto até às 20h21, obtém um recorde do mundo para juntar ao seu currículo. Para efeitos de homologação, a prova será supervisionada por um júri idóneo e independente.O III Festival Estátuas Vivas começa na noite de sexta-feira com a selecção 2011, na qual se fará a reposição de algumas das melhores performances do ano passado. Doze artistas, de diferentes nacionalidades, vão recriar a História de Portugal entre a Rua Marquês de Pombal e a Praça da República, das 22h00 à meia-noite. A animação continua nas esplanadas, com magia, cuspidores de fogo e a envolvência da música. No sábado e domingo de manhã, à semelhança do que aconteceu em 2011, haverá “Histórias aos Quadradinhos” no Mouchão Parque. Este ano, também as tardes vão ter um espaço próprio para as crianças com diversas iniciativas de animação a decorrerem igualmente no Mouchão entre as 16h30 e as 19h15. É precisamente neste horário (sábado e domingo) que vai decorrer o Festival de Estátuas propriamente dito, sendo os visitantes convidados a votarem no seu favorito. Todo o circuito do III Festival Estátuas Vivas de Tomar, num total de 25 quadros, tem acesso livre e gratuito. No domingo, as estátuas vivas rumam à Praça da República, após as 19h15, para às 20h00 ser feito o anúncio das três premiadas, a partir da votação dos visitantes. O Festival Estátuas Vivas de Tomar é uma organização do projecto Máquina do Tempo, que integra a Câmara Municipal de Tomar, a Escola Básica 2, 3 D. Nuno Álvares Pereira, o Instituto Politécnico de Tomar e o Convento de Cristo/IGESPAR. Toda a informação sobre o Festival está disponível em www.estatuasvivas.com.
Tentativa de recorde de imobilidade no Festival de Estátuas Vivas de Tomar

Mais Notícias

    A carregar...