uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
O que as pedras do passado têm para nos dizer

O que as pedras do passado têm para nos dizer

Edição de 24.10.2012 | Primeiro Plano
O silêncio da capela do Mártir Santo em Vila Franca de Xira só é quebrado pelo som dos passos dos visitantes. Quem entra naquele espaço museológico embarca na aventura de descobrir os segredos e as histórias de algumas das pedras históricas do concelho de Vila Franca de Xira. Usadas sobretudo pelas famílias nobres de outros tempos para marcar as suas propriedades e quintas, estas pedras e brasões são também traços de uma Vila Franca de outros tempos. “Os actuais brasões das câmaras municipais são a última consequência desta tradição heráldica”, explica David Santos, do departamento de cultura da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira. Na exposição “Pedras com História” os visitantes são convidados a descobrir as histórias de cada uma das pedras expostas mas é nas ruas da cidade de Vila Franca e de Povos que a aventura se torna entusiasmante. Através de um mapa os visitantes podem ir aos locais onde se encontram 16 outras pedras com história e saber mais sobre cada uma delas e o seu significado. Entre elas a pedra das armas reais, que marca o local onde o rei pernoitou no palácio de Vila Franca após a Vilafrancada, a pedra de armas do município em alusão a São Sebastião ou a pedra de armas de Baracho, Sacoto e Barbosa, de 1798. Até 26 de Maio a exposição pode ser visitada gratuitamente e tem a curadoria de João Pimenta e Paula Monteiro. Filipe Matias
O que as pedras do passado têm para nos dizer

Mais Notícias

    A carregar...