uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

António Jorge Lopes recandidata-se à Câmara de Azambuja pela Coligação Pelo Futuro da Nossa Terra

Edição de 27.03.2013 | Política
O vereador António Jorge Lopes foi apresentado como candidato da Coligação Pelo Futuro da Nossa Terra (PSD/CDS-PP/MPT/PPM) à Câmara de Azambuja nas próximas eleições autárquicas, repetindo a aposta de há quatro anos. Da lista do advogado, de 43 anos, fazem parte a directora técnica do Centro Social e Paroquial de Azambuja, Maria João Canilho, e o maestro da Sociedade Filarmónica Recreativa da Freguesia de Aveiras de Cima, João Ramos, ambos independentes.“Nunca foi apresentada uma lista tão boa, seja de que partido for, nos últimos 25 anos, à Câmara de Azambuja. É uma lista para vencer e composta, maioritariamente, por independentes”, disse à agência Lusa António Jorge Lopes, que já foi candidato nas autárquicas. Das prioridades do candidato da coligação dos partidos PSD, do CDS-PP, do Partido da Terra (MPT) e do Partido Popular Monárquico (PPM) fazem parte duas preocupações - “a captação de investimento para a criação de emprego e o desenvolvimento de um programa de emergência social para fazer face ao crescente número de famílias carenciadas no concelho”.Para mandatário da candidatura foi escolhido João Pessoa e Costa, especialista em ordenamento do território e competitividade territorial. A Câmara de Azambuja é presidida por Joaquim Ramos (PS) e o executivo é composto por mais quatro vereadores socialistas - todos com pelouro -, um vereador da CDU, António Nobre, e por António Jorge Lopes, eleito pela Coligação pelo Futuro da Nossa Terra (PSD/CDS-PP/MPT/PPM). Joaquim Ramos não se pode recandidatar ao abrigo da Lei da Limitação dos Mandatos, tendo os socialistas escolhido o vice-presidente, Luís de Sousa, para ser o candidato às próximas eleições.

Mais Notícias

    A carregar...