uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
“Esta cidade é bela demais para estar adormecida”

“Esta cidade é bela demais para estar adormecida”

Edição de 27.03.2013 | Primeiro Plano
Em frente ao café “Estrelas de Tomar”, encontrámos um dos grupos mais animados da tarde entre aqueles que responderam ao convite do projecto global “Dance AnyWhere/dança em qualquer lugar”, que juntou um milhar de pessoas na sexta-feira, 22 de Março, na Ponte Velha da cidade templária. Trouxeram roupa colorida, coletes reflectores, pompons e bandeiras de Portugal para conseguirem aparecer a dançar no vídeo que estavam a fazer do outro lado do rio Nabão. “Havia de ser pelo menos uma vez por semana. Durante cinco ou dez minutos esquecemos a crise e o stress do dia a dia”, assegura o grupo onde Paula Dias se destaca com os pompons vermelhos e negros. Estes tomarenses, tal como os restantes, sabiam que em outros locais do mundo, como São Francisco, Los Angeles, Roma e Sidney, alguém estava a dançar em simultâneo. Em Tomar a música que passou, durante meia hora, só podia ser dos “Quinta do Bill”, grupo que celebrou no ano passado 25 anos de carreira. “Esta cidade é bela demais para estar adormecida” disse Fausto Matias que organizou este evento com a esposa, a professora de dança Shirin Stave-Matias. A oportunidade surgiu através de um coreógrafo amigo do casal, que reside em São Francisco (EUA). Divulgar a arte em espaços públicos e promover a cidade de Tomar ao mundo eram os objectivos desta iniciativa que serviu de catarse para muitos que ali foram dar um pezinho de dança depois de uma semana de trabalho. Elsa Ribeiro Gonçalves
“Esta cidade é bela demais para estar adormecida”

Mais Notícias

    A carregar...