uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Trabalhadores da câmara enviados de urgência para acabarem acessos ao hospital de Vila Franca

Edição de 27.03.2013 | Sociedade
A Câmara de Vila Franca de Xira teve que numa medida de emergência mandar trabalhadores municipais para que fosse possível abrir os acessos ao novo hospital, que começou esta quinta-feira a funcionar e cuja mudança de serviços ficará concluída dia 3 de Abril. A decisão do município surgiu depois de os trabalhadores da empresa que estava a realizar a obra terem abandonado o seu posto de trabalho, alegadamente por falta de pagamento de salários. O município garante que efectuou os pagamentos ao empreiteiro a quem adjudicou os trabalhos, mas o subempreiteiro não estaria a pagar aos trabalhadores. “Não é normal mobilizar meios internos do município para uma situação destas, mas se não o fizéssemos não conseguiríamos ter os acessos prontos a tempo”, explicou o vice-presidente da câmara, Alberto Mesquita. Todos os valores gastos pelo município com esta operação vão ser debitados ao empreiteiro, informou o autarca. Alberto Mesquita chega a desabafar que a obra dos acessos parecia estar “embruxada”. “Durante a construção do heliporto, a lavagem da área levou a que o curso de uma ribeira enchesse e estragasse alguns dos trabalhos dos acessos”, explicou. Os acessos não ficarão totalmente concluídos esta quinta-feira, mas Alberto Mesquita garante que vão permitir a circulação de carros e autocarros. Recorde-se que os custos de construção dos acessos vão ser assumidos pela Câmara de Vila Franca, juntamente com os restantes quatro municípios abrangidos pelo hospital: Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja e Benavente.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...