uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Empresa da Póvoa importava droga

Edição de 17.04.2013 | Sociedade
A Polícia Judiciária deteve um empresário, dono de uma empresa instalada na Póvoa de Santa Iria, por tráfico de droga proveniente do Brasil, que chegava à cidade do concelho de Vila Franca de Xira dissimulada em armários. A empresa foi criada há quatro meses num armazém arrendado na Póvoa de Santa Iria, que era usado como local de desmantelamento dos armários e remoção da droga, que depois seguia para o resto do país e para Espanha. No início do mês a PJ apreendeu, dentro de um contentor no Porto de Lisboa, 307 quilos de cocaína, num valor de quase 13 milhões de euros, que tinha como destino aquela freguesia do concelho de Vila Franca de Xira. Apesar da apreensão as investigações continuam. Sabe-se que a empresa já recebia armários semelhantes de outros pontos do país mas esta era a primeira importação que fazia do Brasil. O empresário não tem antecedentes criminais e foi proprietário de um bar de alterne em Lisboa. Vai aguardar julgamento em prisão preventiva.Outro empresário, de nacionalidade espanhola, foi também detido na mesma altura. Num contentor acabado de chegar ao porto de Lisboa a PJ encontrou 179 quilos de cocaína dissimulada em latas de palmitos. A droga tinha como destino uma empresa espanhola com sede na cidade de Valência e com filial em Lisboa. O empresário espanhol estava a ser investigado há cerca de um ano por suspeitas do crime de tráfico de droga e vai aguardar julgamento em prisão preventiva. Ao todo as duas apreensões da PJ, num total de 486 quilos de cocaína, estão avaliadas em 15 milhões de euros.

Mais Notícias

    A carregar...