uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Autarcas ribatejanos garantem delegação da Entidade de Turismo do Alentejo em Santarém

Questão levantada na assembleia geral onde foram aprovados os novos estatutos da região de turismo. Está consumada a integração dos onze municípios da Lezíria do Tejo nesse organismo com sede em Beja, extinguindo-se a Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo que tinha sede em Santarém.

Edição de 12.06.2013 | Sociedade
A Entidade de Turismo do Alentejo, que passou a integrar os 11 municípios da Lezíria do Tejo, aceitou criar uma delegação ou pólo desse organismo em Santarém, após ter sido defendida essa medida pelos autarcas ribatejanos presentes na assembleia geral realizada em Évora esta sexta-feira, 7 de Junho, onde foram aprovados os novos estatutos.“Debatemo-nos para que nos estatutos constasse a criação de uma delegação para o Ribatejo em Santarém, porque apesar de só sermos 11 dos 58 municípios que integram a Entidade de Turismo do Alentejo representamos cerca de 50 por cento da população abrangida”, declarou ao nosso jornal Isaura Morais, presidente da Câmara de Rio Maior, um dos quatro municípios ribatejanos representados na assembleia geral, a par de Almeirim, Coruche e Santarém.A Entidade de Turismo do Alentejo, com sede em Beja, tem actualmente duas delegações, em Portalegre e em Évora, cidades capitais de distrito. Pelo que, no entender dos autarcas ribatejanos, faz todo o sentido que Santarém acolha outra delegação, que garanta uma maior proximidade e apoio aos operadores e agentes turísticos da região e, ao mesmo tempo, possa promover alguns produtos turísticos específicos da nossa zona. A intenção é também “vincar a marca Ribatejo”, salienta Isaura Morais, embora os municípios do Médio Tejo, com esta mudança no mapa das regiões de turismo, tenham passado a pertencer à Entidade de Turismo do Centro.Os autarcas ribatejanos defenderam também em Évora a possibilidade de criação de contratos-programa entre a Entidade de Turismo do Alentejo e a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) na área da promoção turística. “Até porque a nossa comunidade intermunicipal tem-se distinguido pelo trabalho que desenvolve e pelos projectos pioneiros que implementa”, justifica Isaura Morais.Os municípios da Lezíria do Tejo integraram durante muitos anos a Região de Turismo do Ribatejo, tendo, com a reorganização do mapa do turismo em Portugal, passado a integrar a Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, organizações que tiveram sempre a sua sede em Santarém.A Lezíria do Tejo integra os municípios de Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém.

Mais Notícias

    A carregar...