uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Câmara de Torres Novas começou a pagar calotes anteriores a Dezembro de 2012

Município anunciou aprovação da candidatura ao PAEL e o Programa de Saneamento Financeiro
Edição de 28.08.2013 | Política
As dívidas da Câmara Municipal de Torres Novas a fornecedores, anteriores a Dezembro de 2012 começaram a ser pagas na segunda-feira, dia 26 de Agosto. A informação foi divulgada pela autarquia no seu site oficial. “O Município de Torres Novas viu aprovados durante o mês de Agosto a candidatura ao PAEL - Plano de Apoio para a Economia Local e o programa de saneamento financeiro, de que resultam 13.264.707,41€ disponíveis para serem injectados na economia local e regional através do pagamento de dívidas a empresas, colectividades e juntas de freguesia. Desta forma, todas as dívidas existentes até 28 de Dezembro de 2012 serão pagas, começando os pagamentos a ser efetuados hoje, segunda-feira”, pode ler-se no comunicado da autarquia.É também anunciado que numa primeira fase serão pagos 70 por cento dos montantes em dívida a empresas, juntas de freguesia e colectividades e os restantes 30% logo que confirmados junto da DGAL (Direcção Geral das Autarquias Locais) os pagamentos relativos à tranche anterior. Segundo dados do próprio município as dívidas a colectividades ascendem a cerca de 285 mil euros e as dívidas a juntas de freguesia rondam os 418 mil euros, uma gota de água no montante total das dívidas a fornecedores mas que têm prejudicado gravemente o funcionamento daquelas instituições. “O visto do Tribunal de Contas ao empréstimo no valor 6 795 000 euros, no âmbito do PAEL foi dado no dia 6 de Agosto. No dia 21 de Agosto foi aprovado o processo de saneamento financeiro, de cerca de 6 469 000 euros. Com a aprovação da candidatura de Torres Novas ao PAEL apenas fica por resolver, no distrito de Santarém, a situação do Cartaxo. Ainda de acordo com o site do município as informações ali disponibilizadas foram dadas pelo presidente da câmara, António Rodrigues (PS), em conferência de imprensa na sexta-feira 23 de Agosto, para a qual O MIRANTE não foi convidado, em desrespeito pela lei em vigor, situação que o autarca faz gala em manter desde que tomou posse do cargo.

Mais Notícias

    A carregar...