uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Junta de Vila Franca arrisca-se a perder certificação de qualidade

Edição de 18.12.2013 | Sociedade
A Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira arrisca-se a perder a certificação de qualidade dos serviços por causa de quatro centenas de queixas e sugestões de fregueses que ficaram na gaveta. A situação foi admitida pelo novo presidente da junta, Mário Calado (CDU), que após tomar posse encontrou os registos sem resposta deixados pela anterior presidente, a socialista Ana Câncio. O autarca diz que vai tentar evitar que a certificação, na qual Vila Franca foi pioneira, seja retirada. Na primeira assembleia de freguesia deste mandato, realizada na noite de 16 de Dezembro, os eleitos da CDU criticaram a atitude de Ana Câncio. “É de sensatez que quando se recebem reclamações se deve responder atempadamente. Estas queixas caíram-nos de pára-quedas e mostram um desrespeito total pela população”, criticou José Machado (CDU). Só no primeiro mês e meio deste mandato o novo executivo já realizou 47 atendimentos a cidadãos e estão a contactar todas as pessoas que se queixaram a Ana Câncio e não tiveram resposta. Algumas queixas estavam sem resposta há dois anos, desde que Câncio tomou posse. As situações dizem respeito sobretudo a casos de falta de desmatação, falta de limpeza urbana, colocação de pilaretes, estacionamento abusivo e falta de iluminação pública.Recorde-se que a Junta de Vila Franca foi uma das quatro primeiras juntas de freguesia a nível nacional a obter, em 2009, pelas mãos do então presidente José Fidalgo, a certificação de qualidade ISO 9001:2008, atribuída pela APCER.

Mais Notícias

    A carregar...