uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Dívida da Câmara de Santarém desce para os 86 milhões de euros

Edição de 22.01.2014 | Política
A dívida total da Câmara Municipal de Santarém em Dezembro de 2013 era de 86,37 milhões de euros, segundo o mapa da situação financeira da autarquia distribuído aos eleitos da Assembleia Municipal de Santarém. A dívida baixou cerca de 4 milhões de euros face ao mês de Setembro de 2013, quando tinha sido fornecida a última informação. A dívida de curto prazo (sobretudo a fornecedores) era em Dezembro de 17,99 milhões de euros, cifrando-se a dívida de médio e longo prazo (à banca) no montante de 68,37 milhões. Recorde-se que a dívida da autarquia já chegou a atingir os 100 milhões de euros em Fevereiro de 2012. A Câmara de Santarém teve de recorrer ao Programa de Apoio à Economia Local - PAEL (linha de crédito criada pelo Governo) e a um Plano de Saneamento Financeiro (com recurso a crédito bancário) para pagar grande parte da dívida de curto prazo a fornecedores, associações, juntas de freguesia e outras entidades que se vinha acumulando ao longo dos anos. Esses empréstimos, num valor total de 43 milhões de euros, permitiram transformar grande parte da dívida de curto prazo do município em dívida de médio e longo prazo.Entretanto, a Câmara de Santarém decidiu no final de Dezembro contrair um empréstimo de curto prazo até ao montante de 2 milhões de euros para aliviar as dificuldades de tesouraria que se verificam nos primeiros meses de cada ano. O empréstimo deverá ser liquidado até final de Maio, com a receita proveniente do IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis), pelo que se estima que o valor dos juros seja residual.

Mais Notícias

    A carregar...