uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Rui Santos quer novo rumo para PSD de Abrantes

Rui Santos quer novo rumo para PSD de Abrantes

A concelhia do partido vai a votos este sábado, 25 de Janeiro, para eleger os novos órgãos políticos, na sequência da demissão de diversos membros da actual comissão política.

Edição de 22.01.2014 | Política
“Um novo rumo” é o lema da lista liderada por Rui Santos à concelhia do PSD de Abrantes. As eleições marcadas para sábado, 25 de Janeiro, surgem na sequência do pedido de demissão apresentado por mais de metade dos membros da actual comissão política encabeçada por Manuela Ruivo, após os maus resultados do partido nas últimas autárquicas.A apresentação da lista de Rui Santos, a única conhecida até ao momento, decorreu na segunda-feira, dia 20, na sede do PSD em Abrantes. Na ocasião, o candidato referiu que “esta lista é constituída por uma maioria de militantes, mulheres e homens, que têm uma vivência cívica forte na sua rua, no seu bairro, na sua freguesia, no seu concelho”. Segundo o candidato, é fundamental trazer novos rostos e novas ideias para o partido. “Candidatamo-nos porque acreditamos que podemos dar um novo rumo”, acrescenta.A sua lista pretende introduzir “duas propostas inovadoras” dentro do PSD de Abrantes: a criação de um Gabinete de Estudos e de um Conselho Consultivo. O primeiro, terá como missão “analisar as melhores práticas adoptadas em outros espaços territoriais, compreendendo as mais-valias das apostas realizadas e como poderão gerar valor acrescentado na nossa região”. Já o Conselho Consultivo, que será constituído também por independentes, estará articulado com o Gabinete de Estudos na produção de documentação que servirá para elaborar um “Plano Político de Desenvolvimento Estratégico e Sócioeconómico do concelho que será a base do programa eleitoral do partido às próximas eleições autárquicas”.Outra das intenções desta candidatura “é ouvir os abrantinos que se encontram fora da cidade e que gostam de contribuir para o desenvolvimento futuro do concelho”, bem como apostar no envolvimento da juventude e diagnosticar os problemas de todas as freguesias do concelho, com ligação estreita aos eleitos do PSD nos diferentes órgãos autárquicos. O contacto pessoal “é uma prioridade efectiva desta comissão política” e é nas freguesias “que o PSD tem de ir buscar a sua força”.Questionado sobre se os militantes estão afastados do partido, o candidato considera que sim. “Ao longo dos últimos anos houve um afastamento dos militantes ao partido e por isso digo que é necessário voltar à rua, fazer o contacto pessoal”. E acrescenta: “Não considero que possa haver inimigos dentro do PSD. Como em todos os partidos, há várias correntes e cabe a quem lidera saber ouvir e saber aglutinar essas ideias”.Sobre o que acha que está mal no concelho de Abrantes, Rui Santos afirma que “no nosso entender há muita coisa que está mal” mas salienta que se esta equipa for eleita “não irá fazer uma oposição só por fazer oposição porque entendemos que a política deve ser feita de uma forma construtiva”.A desertificação e o envelhecimento da população são questões que o PSD entende que não têm tido políticas efectivas de combate no concelho de Abrantes. Quando questionado sobre se defende a regionalização, Rui Santos preferiu “aguardar para comentar depois”.No mundo da política desde os 16 anosRui Manuel Duarte Baptista dos Santos, 41 anos, é natural de Castelo Branco mas reside em Abrantes há 13 anos onde desempenha funções como oficial de justiça no Tribunal Judicial da cidade.Sá Carneiro é a sua grande referência na política, refere. O candidato tornou-se militante da JSD em 1988, com apenas 16 anos, e ligou-se depois ao PSD em 1990. Foi em Castelo Branco que desempenhou os seus primeiros cargos políticos como vice-presidente e presidente da concelhia da JSD; vice-presidente da distrital da JSD; vogal da concelhia do PSD e membro da assembleia distrital do PSD. Durante quatro anos foi eleito da Assembleia Municipal de Castelo Branco.Já em Abrantes, foi vogal da concelhia do PSD, desempenhando actualmente funções como membro da assembleia distrital do PSD de Santarém e do secretariado distrital dos TSD (Trabalhadores Social-Democratas) de Santarém.Ao nível da sua actividade cívica, Rui Santos é o actual presidente da Associação de Pais da Escola D. Miguel de Almeida, em Abrantes, e membro do conselho municipal de educação.
Rui Santos quer novo rumo para PSD de Abrantes

Mais Notícias

    A carregar...