uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Empresas podem injectar capital nos seus negócios sem recurso à banca

Empresas podem injectar capital nos seus negócios sem recurso à banca

Nersant está a promover sessões de apresentação de mecanismos de financiamento
Edição de 09.04.2014 | Economia
No âmbito do projecto Coop Empresarial no Ribatejo, a Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém encontra-se a dinamizar sessões de apresentação sobre os mecanismos de financiamento a projectos de expansão e crescimento das empresas. Estas sessões têm como objectivo dar a conhecer algumas alternativas ao financiamento bancário tradicional.Uma dessas sessões decorreu em Torres Novas e teve como objectivo dar a conhecer algumas soluções alternativas ou complementares ao financiamento oferecido pelos bancos. Com este objectivo, a Nersant começou assim por apresentar o seu projecto Coop Empresarial no Ribatejo, e que alerta as empresas para a cooperação e concentração entre empresas, como uma alternativa para injectar capital nas empresas. Rui Ferreira, parceiro da Nersant para a dinamização deste projecto, explicou na sessão às empresas presentes os desafios e oportunidades nas operações de concentração e cooperação, começando por referir que tipo de motivações podem as empresas ter para optarem por esse caminho. Mediante reunião com a empresa, “o que tentamos fazer é identificar uma potencial tipologia de operação a ser montada: concentração, aquisição de capital, aliança estratégica, joint venture e outra…. Não há uma solução standard que se possa aplicar a todas as empresas”, referiu Rui Ferreira.O Coop Empresarial no Ribatejo, foi divulgado na sessão, também desafia as empresas a participarem numa Bolsa de Subcontratação de bens/serviços, visando optimizar meios técnicos que estejam a ser subutilizados pelas mesmas. Por outro lado, empresas que necessitem desses serviços poderão recorrer a essa bolsa minimizando assim a sua necessidade de realização de investimento.Outra das soluções de financiamento apresentadas pela Nersant foi o recurso das empresas ao capital de risco. Por este motivo, a Nersant convidou a Oxy Capital para que esta entidade pudesse apresentar os parâmetros de recurso ao capital de risco, bem como para apresentar o fundo Revitalizar Centro, de que é gestora, e que se direcciona exclusivamente às empresas do Médio Tejo.O Programa Revitalizar integra a disponibilização de soluções de financiamento de suporte a operações de capitalização de empresas, através da constituição de Fundos de Revitalização e de Expansão Empresarial de base regional. Os Fundos Revitalizar são instrumentos de capital de risco, criados com o objectivo de promover o crescimento e expansão das PME, contribuindo para o desenvolvimento de novos serviços e/ou produtos, processos de internacionalização e aumento de exportações. Destinam-se a capitalizar PME que apresentem modelos de negócio sustentáveis e que prossigam estratégias de crescimento e expansão.Para mais informações sobre os fundos Revitalizar ou operações de fusões e aquisições, os interessados devem contactar o Departamento de Apoio Técnico, Inovação e Competitividade da Nersant, através dos contactos datic@nersant.pt ou 249 839 500.
Empresas podem injectar capital nos seus negócios sem recurso à banca

Mais Notícias

    A carregar...