uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
A moda das hortas urbanas

A moda das hortas urbanas

Edição de 23.04.2014 | Primeiro Plano
Ter o acesso directo a produtos frescos e mais saudáveis cultivados em plena cidade é um dos atractivos do projecto das hortas comunitárias que está a ser desenvolvido em Abrantes. Ana Valente, 31 anos, operadora de caixa num posto de abastecimento de combustíveis, foi uma das candidatas a quem foi atribuída uma parcela de terreno na segunda fase do programa. Quando há um ano, na primeira fase, Ana Valente não conseguiu uma parcela ficou triste mas vê agora concretizado o seu desejo: ter um pedaço de terra sem sair da cidade. Desejosa de colocar as mãos na terra, vai ali cultivar alfaces, batatas, couves, tomates, pepinos e também “um cantinho para as flores”. Conseguir ter produtos hortícolas sem químicos e ainda por cima perto da sua casa foi o que mais a cativou nesta iniciativa das hortas comunitárias. E ao trabalhar na terra está também a fazer exercício físico e a contribuir para uma espécie de terapia mental.Às hortas comunitárias na Quinta de Arca d’Água, em Abrantes, concorreram nesta segunda fase 57 pessoas interessadas em ter ali não só uma fonte de alimentação saudável, mas uma actividade que acaba por ser também um escape ao stress do quotidiano. E nesta época de crise aumentam ainda mais os interessados em ter parcelas de terreno, quase a custo zero, que permitem uma poupança na aquisição de produtos hortofrutícolas e, eventualmente, a criação de alguma receita com a venda dos produtos excedentes. Margarida Serôdio
A moda das hortas urbanas

Mais Notícias

    A carregar...