uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Mais seis escolas do concelho do Cartaxo em risco de fechar

Edição de 07.05.2014 | Sociedade
O Ministério da Educação (ME) tem a intenção de encerrar seis escolas de 1º ciclo no concelho do Cartaxo no próximo ano lectivo. São eles a escola nº 2 de Vila Chã de Ourique, escola de Valada (ambas do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita), escolas de Ereira, Casais da Amendoeira, Casais Lagartos e Casais Penedos (do Agrupamento de Escolas D. Sancho I). A informação foi avançada pelo presidente da Câmara do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro (PS), na assembleia municipal, depois de ter reunido com responsáveis da Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGeste).Após ter conhecimento desta intenção, que ainda está no campo das hipóteses, Pedro Ribeiro reuniu com presidentes de junta, directores de agrupamentos de escolas e encarregados de educação. Nessa reunião chegaram todos ao consenso que o principal interesse deve ser o aluno. Um interesse diferente do ME. “O que assisti no Ministério da Educação foi apenas ao interesse na redução de custos e de encargos com os professores. Acho que ninguém gostaria de ter o seu filho em turmas com diferentes anos escolares. Temos que defender o interesse dos alunos”, sublinha.Pedro Ribeiro disse ainda que mesmo que o ME force a decisão de encerrar estas escolas vai existir sempre problemas com os transportes escolares, com as crianças a terem que se deslocar para outras localidades do concelho para terem aulas. “Um dos grandes problemas que temos é que quem faz estas leis está em Lisboa e não faz ideia como funciona a vida em meios mais pequenos”, critica. O autarca considera que é possível salvar o encerramento de algumas destas escolas. O presidente do município recorda que cerca de um terço dos alunos das escolas do concelho do Cartaxo são alunos de escalão A e escalão B, ou seja, crianças com carências económicas. O encerramento de escolas só vem agravar a situação económica das famílias que serão atingidas por estas medidas, reforça Pedro Ribeiro.

Mais Notícias

    A carregar...