uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Chumbo das obras da junta pela oposição PCP e Novo Rumo e CDS-PP

Edição de 29.10.2014 | O Mirante dos Leitores
O edifício da Junta de Freguesia da Póvoa de Santa Iria foi construído pela população e oferecido à mesma em 1939. Primeiro para sede da Junta e depois para escola, até à cerca de três anos. O Forte da Casa era, até 1975, uma zona de mato e olival. Só começou a ser construído depois da descolonização, bem-feita pelo Mário Soares nesse ano.Este executivo, em ano de crise, preferiu reconstruir o edifício que é da junta e só gastou 25mil euros mas se tivesse gasto 250 mil euros, a oposição da Câmara de Vila Franca de Xira já aprovava, pois sempre lhe podia calhar algum. Se pela junção das freguesias o Forte da Casa passou para a Póvoa não faz sentido, a junta estar no Forte, até porque a Póvoa é freguesia há mais anos e tem mais habitantes. Eu não conheço os vereadores que votaram contra mas eles também não conhecem a história das freguesias, só conhecem a cor do dinheiro.O Guarda-Rios de O MIRANTE anda muito atrasado pois a Senhora da Piedade só no primeiro ano das festas é que foi aos ombros desde a capela da Quinta até ao Bairro dos Pescadores. A partir daí passou a sair no jipe dos bombeiros até este dar o berro e já alguns anos que sai nesta carrinha. E se não lavam as ruas ela lava com chuva, mas na hora da procissão está sol.Célia Monteiro

Mais Notícias

    A carregar...