uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Cantora Cristina Branco “foge” de Portugal por se sentir vítima do fisco

Edição de 26.11.2014 | O Mirante dos Leitores
Vítimas do fisco somos nós todos. Quem pensa que é a Cristina Branco para se sentir mais que os outros? Não é fugindo de Portugal que resolvemos os problemas das injustiças e das más leis. Pague os seus impostos como todos os outros e use a sua voz e a sua arte para contestar o que se passa. Anda por vezes a cantar canções do Zeca Afonso e ainda não aprendeu nada? Eu compreendo que tenha que emigrar para onde lhe podem pagar porque tem filhos para sustentar e educar mas não compreendo que saia do país só por considerar que as leis são injustas, mesmo que isso seja verdade. Marta Seco A Cristina Branco está a precisar de um bom contabilista. De qualquer forma reconheço que faz bem em adoptar como domicílio fiscal a Holanda, a Irlanda ou, muito especialmente, o Luxemburgo. Eu só não percebo é porque não o fez há mais tempo uma vez que já passa pouco tempo em Portugal, segundo julgo saber.Carlos Gomes O vosso termo “foge” é de facto “enxovalhante” para a imagem da Cristina Branco.Na verdade a Cristina não fugiu de nada nem de ninguém. A prová-lo está o PER que requereu e foi aprovado. Este processo tem por finalidade PAGAR tudo o que deve e não deve. Não se trata pois de uma fuga como O MIRANTE intitula. Em vez de títulos bombásticos e ofensivos da dignidade da Cristina parece-me que seria eticamente mais correcto procurar saber o que está na origem da dívida ao fisco. Então, depois de um trabalho jornalístico sério, fácil seria concluir que a Cristina foi burlada por várias pessoas que se aproveitaram da sua inocência e, esses sim, fugindo aos impostos, receberam durante anos verbas avultadas sem emitir recibos e permitindo que todos os rendimentos dos concertos fossem atribuídos à Cristina que “infantilmente” caiu no logro. É claro que o fisco sabe disto até porque teve livre e total acesso às contas bancárias da Cristina, mas como sempre é mais fácil não procurar toda a verdade (até porque isso dá trabalho) e lançar todos os impostos sobre um único contribuinte, neste caso como sempre o “elo mais fraco” - a Cristina Branco.Gabriel Duarte

Mais Notícias

    A carregar...