uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Reactivação do Centro Instrutivo de Alcanena pretende reavivar espírito da fundação do concelho

Reactivação do Centro Instrutivo de Alcanena pretende reavivar espírito da fundação do concelho

“Trazer ao de cima o espírito da fundação do concelho” é o principal mote da reactivação do Centro Instrutivo de Alcanena. A explicação é dada por Gabriel Feitor, vice-presidente da direcção e um dos principais impulsionadores deste projecto no ano em que se comemora o centenário da fundação do concelho de Alcanena.

Edição de 26.11.2014 | Sociedade
Com apenas 20 anos, Gabriel não era ainda nascido quando o antigo Centro Instrutivo de Alcanena foi desactivado, em 1991, mas explica que “o que se passava lá dentro não era bem a difusão da cultura, mas era um espaço de jogo”. Fundado em 1892, pelas camadas mais proeminentes e abastadas da ainda freguesia do concelho de Torres Novas, o Centro Instrutivo esteve na linha da frente do movimento de fundação do concelho de Alcanena e teve um importante papel na difusão da cultura através de uma biblioteca, publicação de jornais e periódicos e de uma escola industrial que esteve envolvida na execução do projecto de criação do Cine-Teatro de São Pedro.“Em todas as terras existe um núcleo forte em que puxam pela terra e em que há bairrismo e em Alcanena isso não existia”, lamenta Gabriel, frisando que “Alcanena está completamente cheia de colectividades desportivas e a nível cultural só tinha uma, o Jubilare”. A ideia de reactivar o Centro Instrutivo de Alcanena surgiu este Verão. Neste projecto, embarcou um grupo de pessoas muito ligadas à terra, à cultura e às artes que já tiveram várias experiências associativas e cargos directivos. Pessoas de diferentes idades, formações e facções políticas que querem eliminar o estigma elitista associado ao antigo Centro Instrutivo e criar uma colectividade de cariz cultural destinada à valorização de áreas como o teatro, a música ou o cinema.A música, através da criação de uma orquestra ligeira, será um dos núcleos fortes do Centro Instrutivo de Alcanena. As inscrições estão a decorrer e as aulas deverão começar no início do próximo ano com um maestro que já está contratado. A partir de Janeiro, vai ter início um ciclo de cinema mensal, que irá decorrer no auditório municipal de modo a dinamizar esse espaço que está subaproveitado. A longo prazo, o Centro Instrutivo idealiza a formação de um grupo de teatro amador. Na área das letras, está em vista a criação de um repositório virtual de vários textos de autores do concelho de Alcanena a par com a realização de conferências e palestras de foro cultural e científico. Um festival de Verão, provas de vinhos e outros eventos estão na mira desta colectividade que quer valorizar as potencialidades artísticas e intelectuais das gentes de Alcanena.Gabriel Feitor, estudante universitário de História Moderna e Contemporânea, que este ano lançou o livro “Alcanena - Ensaios de Histórias de um Concelho Centenário 1298 - 1926”, destaca o apoio incondicional da Junta de Freguesia de Alcanena neste projecto que procura “um equilíbrio entre novos e velhos para garantir a continuidade”.Sede no centro da vila e apresentação é no sábadoO Centro Instrutivo vai estabelecer-se, no início de 2015, no Largo António Machado Baptista, perto da sede da União de Freguesias de Alcanena e Vila Moreira. “Estamos no centro de Alcanena e um dos objectivos é dinamizar o centro histórico que está muito apagado”, explica Gabriel Feitor, adiantando que o espaço é propriedade de um dos trinta associados que já se juntaram à colectividade.A cerimónia oficial de apresentação do Centro Instrutivo de Alcanena realiza-se no sábado, 29 de Novembro, pelas 17h00, no Salão Nobre da sede da União de Freguesias de Alcanena e Vila Moreira. Na sessão, que assinala o 122º aniversário sobre a fundação do Centro Instrutivo, a 27 de Novembro de 1892, o presidente da direcção, Luís Veiga, irá receber um quadro dos fundadores para a futura sede. Depois da cerimónia, haverá um jantar para amigos e associados. Na manhã de sábado, está ainda prevista uma passagem simbólica pelas três sedes do antigo Centro Instrutivo.
Reactivação do Centro Instrutivo de Alcanena pretende reavivar espírito da fundação do concelho

Mais Notícias

    A carregar...