uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Biblioteca de Alverca é um frigorífico de Inverno e um forno no Verão

Biblioteca de Alverca é um frigorífico de Inverno e um forno no Verão

Situação causada por falta de sistema de climatização. Frequentadores do espaço queixam-se do problema desde Abril mas não haverá solução tão depressa.

Edição de 23.12.2014 | Sociedade
A biblioteca municipal de Alverca, situada no primeiro piso do Centro Comercial Parque, no centro da cidade, está desde Abril sem sistema de climatização, o que torna o espaço gelado de Inverno e abrasador no Verão. Alguns utilizadores do espaço queixam-se do problema há vários meses mas não têm recebido resposta. Outros, ouvidos por O MIRANTE, garantem que nas condições actuais se está melhor nos cafés do que dentro da biblioteca. No último Verão o problema do calor foi minimizado com ventoinhas trazidas de casa por alguns funcionários do espaço. “Agora de Inverno quase toda a gente tem uma manta ou um aquecedor que trouxeram de casa porque aquilo é um gelo. Não se consegue estar lá dentro a ler um livro sem estar a tremer de frio”, confirma Verónica Fernandes, utilizadora do espaço. O pai, Júlio Costa, confirma. “Tenho optado por trazer os livros e ler em casa”, regista. O vice-presidente do município, Fernando Paulo Ferreira (PS), que tem também a responsabilidade do pelouro da educação, explica que o problema está nos aparelhos de climatização do condomínio, que são comuns ao centro comercial e à biblioteca. Como a biblioteca não dispõe de aparelhos próprios de climatização não tem como controlar a temperatura do espaço. “O sistema de ventilação é comum, do condomínio, e a forma como todo o mecanismo funciona é exterior à biblioteca. Quando avariou isso ultrapassou a câmara”, explicou. O autarca garante que o problema não tem estado esquecido e que estão a decorrer estudos e projectos para tornar autónomo o sistema de climatização da biblioteca. “Esperamos que o assunto possa ficar resolvido nos próximos meses”, notou o autarca, sem se comprometer com uma data.Na última reunião de câmara um munícipe, João Rodrigues, também foi pedir contas ao executivo sobre o problema. “Já mandei duas cartas para a câmara a reclamar da situação mas o problema mantém-se. De Inverno e de Verão não se pode lá estar”, criticou. O munícipe considerou “inaceitável” que o problema se arraste “há tanto tempo”, para prejuízo dos utilizadores daquele espaço cultural.A biblioteca de Alverca, recorde-se, foi inaugurada em 1992 e tem várias salas, incluindo salas de leitura para adultos, leitura de periódicos, leitura de obras infanto-juvenis e sala de audiovisuais. Está aberta ao público de 1 de Janeiro a 30 de Junho e de 1 de Setembro a 31 de Dezembro, com excepção das segundas-feiras, feriados e no sábado antecedente ao domingo de Páscoa. O encerramento anual ocorre entre os dias 1 e 15 de Agosto, para obras de manutenção, inventário e reorganização do serviço.
Biblioteca de Alverca é um frigorífico de Inverno e um forno no Verão

Mais Notícias

    A carregar...