uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Lezíria do Tejo recebe 27 Espaços do Cidadão para aproximar administração pública das populações

Lezíria do Tejo recebe 27 Espaços do Cidadão para aproximar administração pública das populações

Onze municípios da região vão receber esse serviço que permite tratar de vários assuntos via Internet, como renovar a carta de condução ou obter o registo criminal.

Edição de 23.12.2014 | Sociedade
Dentro de pouco tempo um cidadão que resida no Couço, concelho de Coruche, já não terá que percorrer os cerca de 70 quilómetros até Santarém para renovar a sua carta de condução. O Espaço do Cidadão, a implementar nessa localidade e em mais 26 outras vilas e aldeias da Lezíria do Tejo, permitirá tratar, via Internet, de cerca de 80 assuntos de perto de duas dezenas de serviços públicos. Vão funcionar em locais de atendimento próprios disponibilizados pelas autarquias e pelos Correios.Nos Espaços do Cidadão o utente pode aceder ao Portal do Cidadão e pedir, por exemplo, a alteração de morada do Cartão de Cidadão, certidões de registo civil, predial e comercial. Pode também obter o registo criminal, renovar uma autorização de residência ou efectuar pedidos à Segurança Social sobre pensões, reembolsos e complementos ou relacionar-se com a Caixa Geral de Aposentações.Azambuja, Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém são os municípios que vão beneficiar desse serviço em breve. O município de Benavente não foi contemplado neste pacote porque já possui um Espaço do Cidadão em Samora Correia desde Junho, fazendo parte dos projectos piloto implementados pela Agência para a Modernização Administrativa (AMA).Os acordos para instalação de Espaços do Cidadão em dez concelhos da Lezíria do Tejo foram assinados na quinta-feira, 18 de Dezembro, na Quinta da Fonte Boa, no Vale de Santarém, pelos representante dos municípios que ainda não dispõem desse serviço e a AMA, na presença do secretário de Estado da Modernização Administrativa, Joaquim Cardoso da Costa. O presidente da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) - entidade que negociou com a AMA esse protocolo - aproveitou a presença do governante para manifestar a esperança que estes Espaços do Cidadão estejam a ser criados numa óptica de estrutura complementar à rede de serviços públicos existente e que tal não signifique uma estratégia para o esvaziamento progressivo da presença da administração pública na região. “A presença do Estado é muito importante, sobretudo fora dos grandes centros urbanos”, sublinhou.Onde ficam os novos Espaços do CidadãoOs Espaços do Cidadão da Lezíria do Tejo serão implementados nos seguintes pontos: Almeirim; Fazendas de Almeirim; Benfica do Ribatejo; Azambuja; União das Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de São Pedro e Maçussa; União das Freguesias de Cartaxo e Vale da Pinta; Vale da Pedra; Pontével; União das Freguesias de Chamusca e Pinheiro Grande; Carregueira; Couço; União das Freguesias de Coruche, Fajarda e Erra; Golegã; Azinhaga; Pombalinho; Alcobertas; União das Freguesias de Salvaterra de Magos e Foros de Salvaterra - Edifício da CM; Marinhais - no mercado da cultura; União das Freguesias de Glória do Ribatejo e Granho; Alcanede; União de Freguesias de Romeira e Várzea; União de Freguesias de Azóia de Cima e Tremês; Vale de Santarém; União de Freguesias de Achete, Azóia de Baixo e Póvoa de Santarém.
Lezíria do Tejo recebe 27 Espaços do Cidadão para aproximar administração pública das populações

Mais Notícias

    A carregar...