uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Uma nova ETAR em Riachos

Edição de 11.02.2015 | O Mirante dos Leitores
Apesar da ETAR de Riachos estar concluída subsistem os problemas com as empresas instaladas na Zona Industrial de Riachos que continuam a poluir a Vala das Cordas e a Reserva Natural do Paúl do Boquilobo. Quem põe fim a este abuso? José Júlio Gonçalves Antunes O concelho de Torres Novas começa agora a resolver alguns dos principais problemas ambientais, graças à sua integração na empresa intermunicipal Águas do Ribatejo mas ainda há muito para fazer. A inércia do anterior presidente da câmara, António Rodrigues, ao nível do ambiente tem que ser denunciada por ele não ter feito o que defendia antes de ser eleito para o seu primeiro mandato, já lá vão vinte anos. Tenho idade suficiente para me lembrar que o que ele mais criticava na anterior gestão social-democrata (o presidente da câmara era Arnaldo Santos), era a política ambiental. Fê-lo vezes sem conta num programa que tinha na Rádio Local de Torres Novas e fê-lo na campanha eleitoral. Assim que foi eleito e depois quando foi reeleito e trieleito e quadrieleito (perdoem-me os neologismos) voltou-se para outras coisas e pôs de lado o ambiente. Li, acho que também aqui em O MIRANTE, que ele terá dito que a Águas do Ribatejo era uma empresa de aldeia que passou a ser de cidade com a adesão de Torres Novas. Acho que a arrogância do senhor também precisa de uma ETAR. Se há aldeões nestas tristes histórias da política, um deles é o senhor António Rodrigues. Dionísio Gomes

Mais Notícias

    A carregar...