uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Falta pintura e sinalização nas passadeiras de Azambuja

Falta pintura e sinalização nas passadeiras de Azambuja

Câmara municipal diz que não consegue chegar a todo o lado e espera que uma nova tinta mais durável ajude a resolver o problema
Edição de 23.09.2015 | Sociedade
A falta de pintura e sinalização de muitas passadeiras na vila de Azambuja está a ser motivo de queixa por parte dos habitantes locais, que apontam várias situações ao longo de toda a vila. Muitos desses casos situam-se em imediações de parques infantis e em nada contribuem para a segurança dos peões.Foi isso mesmo que Rogério Faria, um dos munícipes que alertou para a situação, foi dizer ao vice-presidente Silvino Lúcio, na última reunião de câmara. “Há muitas passadeiras, demais até, que ou não estão pintadas ou não têm sinalização vertical, em alguns casos as duas situações juntas. Ali só pára para deixar passar as pessoas quem conhece o local e sabe que ali está uma passadeira, mesmo que completamente sumida. Li algures que tinha acabado a tinta, não quero acreditar que seja isso”, atirou.Uma das situações descritas é na Avenida dos Condes de Azambuja. Em frente ao parque infantil ali existente, há uma passadeira cujas marcas quase não são perceptíveis, além de que não existe sinalização vertical de aviso de passadeira num dos sentidos.Também à entrada da vila, pelo lado sul, na rotunda junto às bombas de gasolina, a passadeira está sumida, embora aí haja sinalização vertical. Esse é um local onde o tráfego de pesados é intenso. Na resposta às queixas, o vice-presidente Silvino Lúcio, que lidera a autarquia nas férias do presidente Luís de Sousa, reconheceu o problema. “São tantas as passadeiras, dezenas mesmo, que temos dificuldade em chegar a todas. É verdade que se tinha acabado a tinta, mas comprámos agora uma diferente, mais cara, mas com a garantia de uma durabilidade maior e, por isso, estamos a tentar resolver esse problema”, explicou.
Falta pintura e sinalização nas passadeiras de Azambuja

Mais Notícias

    A carregar...