uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
António José Ganhão diz adeus às lides autárquicas ao fim de 40 anos

António José Ganhão diz adeus às lides autárquicas ao fim de 40 anos

Presidente da Assembleia Municipal de Benavente renunciou ao cargo por motivos de saúde

É o fim de um longo ciclo para o carismático autarca de Benavente, um dos rostos do PCP e da CDU na região ribatejana, que foi presidente de câmara desde os primórdios do poder local democrático. Mas tal não significa o fim da actividade política. Elogios vêm de vários quadrantes políticos.

Edição de 10.02.2016 | Sociedade
Ao fim de quase 40 anos como autarca, António José Ganhão, antigo e marcante presidente da Câmara Municipal de Benavente e actualmente líder da assembleia municipal nesse concelho, vai abandonar a vida autárquica. A decisão foi anunciada na semana passada, em comunicado emitido pela comissão concelhia de Benavente do PCP e apanhou todos de surpresa, o seu próprio staff incluído, sendo a saída sido motivada por razões de saúde.A renúncia ao cargo de presidente da Assembleia Municipal de Benavente terá efeitos a partir de 18 de Fevereiro de 2016 e o PCP indicou já o nome de Carlos Pauleta, membro do PCP e da Assembleia Municipal de Benavente, para o substituir na votação que se vai realizar.Carlos Coutinho, que sucedeu a Ganhão na liderança da câmara municipal e que com ele partilhou anos a gestão da autarquia durante alguns anos, comentou a saída daquele com quem aprendeu muito e em quem ainda hoje se inspira. “Encaramos esta saída com naturalidade e o reconhecimento devido. Ele teve problemas de saúde graves nos últimos anos, agora está bem, mas tem de se resguardar. Esteve sempre disponível neste percurso a ajudar-nos, está na assembleia municipal e colocou ao colectivo a necessidade de se resguardar, apesar de não serem problemas que colocam em causa a sua vida. Creio que estamos em condições de lhe ‘permitir’ que tenha o seu descanso e não deixará de nos acompanhar e continuar a partilhar a sua experiência e conhecimentos que são, para nós, fundamentais. É um momento de grande sentimento para nós, por alguém que é uma grande referência do poder local e a quem Benavente muito deve”, afirmou.A saída de um dos mais antigos e marcantes autarcas da vida política está a ter ecos na sociedade local e mesmo os adversários políticos não deixam de mostrar admiração pelo trajecto de António José Ganhão.“Apesar das intensas lutas políticas que o PS e os nossos eleitos travaram com o ex-presidente da câmara municipal e actual presidente da assembleia municipal, em defesa dos interesses superiores da nossa população, reconhecemos que ele foi o pai de toda a rede montada pela CDU no concelho de Benavente. São muitos os que lhe devem estar gratos pelo caminho político e profissional que fizeram pela sua mão ou com a sua ajuda. Deixou a sua marca positiva no poder local e no município, sobretudo nos primeiros mandatos da sua carreira política. Não obstante o PS ter uma visão diferente para o desenvolvimento e progresso do município e de ter formas diferentes de exercer o poder e o funcionamento das instituições, deixamos aqui o desejo de melhoras, pois a assembleia municipal perde qualidade com a sua saída”, pode ler-se na nota de imprensa divulgada pela concelhia do PS de Benavente.Contactado por O MIRANTE, António José Ganhão não quis prestar declarações, limitando-se apenas a afirmar que se revê completamente no comunicado emitido pela comissão concelhia do PCP.
António José Ganhão diz adeus às lides autárquicas ao fim de 40 anos

Mais Notícias

    A carregar...