uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
António José Inácio confirma recandidatura  à Junta da Póvoa e Forte da Casa
O movimento de António José Inácio foi a segunda força política mais votada em 2017 para a Junta da Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa

António José Inácio confirma recandidatura  à Junta da Póvoa e Forte da Casa

Movimento independente acredita que depois de um mandato de firme oposição ao socialista Jorge Ribeiro vai conseguir fazer melhor trabalho à frente daquela união de freguesias.

Edição de 05.08.2020 | Política

António José Inácio, líder e principal rosto do movimento independente António Inácio Póvoa Mais Forte (AIPMF) vai apresentar-se às eleições autárquicas de 2021 com a ambição de fazer melhor que o actual executivo. A intenção foi avançada a O MIRANTE na última semana pela líder da bancada do AIPMF na assembleia de freguesia, Rosa Barral, e confirmada entretanto por António Inácio, que já anda a reunir apoios em torno da futura candidatura.
“É para avançar. Vamos mexer na equipa mas já estamos a trabalhar nesse projecto, há um descontentamento grande na Póvoa e no Forte e acreditamos que é possível fazer muito mais e melhor pelas pessoas. Das últimas eleições para cá ainda não se sentiu uma diferença da parte de quem governa”, critica o autarca, que lidera a segunda força mais votada nas eleições de 2017.
O AIPMF ganhou por larga maioria no Forte da Casa mas acabou derrotado pelos resultados gerais que incluíram também a cidade da Póvoa de Santa Iria. Mesmo assim ficou a 1.363 votos do Partido Socialista e elegeu cinco elementos para a assembleia de freguesia, menos dois que o PS mas mais dois que CDU e PSD. Valeu aos socialistas o acordo com os social-democratas para poderem governar a freguesia dando a Ana Paula Bayer (PSD) a presidência da assembleia de freguesia.
O movimento de António Inácio tem mostrado trabalho na oposição nos últimos três anos e meio e por isso o autarca acredita que está na hora de voltar a acreditar que é possível fazer melhor que a gestão de Jorge Ribeiro.
A líder da bancada do AIPMF na assembleia de freguesia, Rosa Barral, explica que o processo de recandidatura ainda está numa “fase embrionária” e defende que a favor do movimento está o trabalho sério feito nos últimos anos na oposição. “Somos a bancada que mais requerimentos tem enviado com questões para o presidente da junta e ainda nem tivemos resposta a boa parte deles. Nas assembleias só temos 10 minutos para falar de uma freguesia desta dimensão e isso não chega”, nota.
A ambição do movimento é de que a eventual reversão de algumas uniões de freguesias venha a ser alvo de discussão durante este ano, permitindo que o Forte da Casa possa voltar a ganhar o seu estatuto de freguesia autónoma, como teve nas últimas décadas. “Estamos a trabalhar fortemente nesse cenário para que o Forte da Casa possa ser novamente uma freguesia independente”, assume António Inácio.

António José Inácio confirma recandidatura  à Junta da Póvoa e Forte da Casa

Mais Notícias

    A carregar...