uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Mesa administrativa da Santa Casa do Sardoal recusa demitir-se
foto DR Anacleto Batista

Mesa administrativa da Santa Casa do Sardoal recusa demitir-se

Direcção reuniu depois do apelo à demissão, feito pelo presidente da assembleia-geral da instituição, e optou pela continuidade, apesar das críticas e acusações de que é alvo.

Edição de 02.11.2020 | Sociedade

O provedor e a mesa administrativa da Santa Casa da Misericórdia do Sardoal recusam demitir-se como tinha pedido o presidente da mesa da assembleia-geral da instituição, Miguel Borges, que também é presidente do município.
Miguel Borges alegou graves erros de gestão e pediu a demissão do provedor na reunião realizada a 26 de Setembro, apesar de esse ponto não constar da ordem do dia da assembleia. Dois dias depois a mesa administrativa reuniu decidindo-se pela continuidade da administração. A informação foi dada a O MIRANTE pelo provedor Anacleto Batista, que está no cargo há 31 anos.
A Santa Casa do Sardoal passa por problemas financeiros, que são do conhecimento público sobretudo desde que encerrou a valência de creche em Junho deste ano por incapacidade financeira. Em Agosto houve um incumprimento parcial do pagamento dos vencimentos aos trabalhadores. Situação entretanto regularizada.
Miguel Borges afirma que a gestão do actual provedor está esgotada e que os graves erros de gestão não dão condições a Anacleto Batista para continuar à frente do cargo. “A instituição precisa de uma gestão moderna. O que me levou a aceitar o cargo de presidente da mesa da assembleia-geral foi a modernidade da gestão daquela casa. Estamos a falar de uma instituição que mexe com muita gente, muitas famílias e muitos trabalhadores. E também que fosse feito um processo de entrada de novos irmãos e nada disso foi feito”, lamenta.
Se o provedor não apresentar a demissão os irmãos têm de reunir 20% de membros para propor a destituição da mesa administrativa. O que até agora ainda não aconteceu. Anacleto Batista é provedor da Misericórdia do Sardoal desde Janeiro de 1989. Antes fez um mandato como vice-provedor, outro como presidente do conselho fiscal e outro como presidente da mesa da assembleia-geral. Integra os órgãos sociais da Misericórdia desde 1971.
Actualmente, a Santa Casa da Misericórdia do Sardoal dispõe de um lar de idosos, centro de dia, unidade de apartamentos, apoio domiciliário e serve refeições nas cantinas sociais.

Mesa administrativa da Santa Casa do Sardoal recusa demitir-se

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido