uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Falta de iluminação pública na ponte rodoviária sobre o Tejo em Abrantes

Falta de iluminação pública na ponte rodoviária sobre o Tejo em Abrantes

Presidente do município preocupada com segurança de peões e automobilistas e já manifestou o seu desagrado junto da Infraestruturas de Portugal. Empresa pública diz que está a trabalhar para solucionar o problema.

Edição de 23.11.2016 | Economia

A presidente da Câmara de Abrantes está preocupada com a falta de iluminação pública na ponte rodoviária sobre o Tejo na cidade, quatro meses depois de concluída a requalificação dessa travessia, queixando-se de falta de segurança para peões e automobilistas.
Na reunião de executivo camarário de segunda-feira, 21 de Novembro, a autarca relembrou que, após a conclusão das obras de requalificação, sob a responsabilidade da Infraestruturas de Portugal (IP), a câmara manifestou-se disponível para ficar “responsável pelo pagamento das iluminárias e pela sua manutenção”, porém, o processo não tem avançado e a ponte permanece sem iluminação desde Agosto, causando transtorno a peões e automobilistas.
Maria do Céu Albuquerque disse ainda que a IP “não dá grande justificação em relação a esta matéria”, apesar de “insistências frequentes” e da autarca manifestar o seu “desagrado”, tendo feito notar que “anoitece muito mais cedo e há pessoas a circular à noite”, não sendo seguro nem para os peões nem para os automobilistas atravessar aquela ponte, de 368 metros, que liga Abrantes e Rossio ao Sul do Tejo.
“A esta altura não podemos continuar à espera indefinidamente”, disse a autarca, tendo afirmado ter contactado “ontem [segunda-feira] mesmo” a Infraestruturas de Portugal para manifestar o seu desagrado com a situação.
“Nós só podemos ter contrato a partir do momento em que a iluminação esteja ligada. E isso é da responsabilidade da Infraestruturas de Portugal. Não foi feito na altura e, pelo que sabemos, estão agora a fazer esse procedimento. Pediram-nos na semana passada, contactos de empreiteiros locais que possam fazer a ligação do ramal, para que depois a câmara municipal possa pedir o abastecimento efectivo da electricidade”, disse ainda a autarca de Abrantes.
Contactada pela Lusa, fonte oficial da IP disse que “a Infraestruturas de Portugal está a desenvolver os procedimentos necessários com vista à ligação da iluminação na Ponte Metálica de Abrantes, referindo ter sido “elaborado por parte da EDP o estudo para execução do ramal de ligação da instalação existente na ponte à rede da EDP”.
Nas respostas às questões colocadas pela Lusa, pode ler-se ainda que, “após a conclusão desse estudo, a IP irá contratar um empresa credenciada para a construção do ramal de ligação”, tendo feito notar que, “apenas com a concretização do ramal e obtida a certificação da instalação, será possível efectuar a contratação do fornecimento de energia eléctrica”.
Segundo se pode ler na resposta da IP, “estima-se que já no decorrer do próximo mês seja possível efectuar a ligação da iluminação pública na Ponte Metálica de Abrantes”.
Apesar de questionada, a IP não esclareceu os motivos do atraso no processo.

Falta de iluminação pública na ponte rodoviária sobre o Tejo em Abrantes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...