uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Câmara do Cartaxo arranca o ano a tapar buracos nas estradas

Primeira fase de intervenções contempla quatro freguesias do concelho

Edição de 12.01.2017 | Sociedade

Os obras referentes à primeira fase do Plano de Recuperação da Rede Viária Municipal do Cartaxo arrancaram no dia 2 de Janeiro com obras na Rua Luís de Camões, no Cartaxo. O concurso público aprovado em Julho prevê repavimentações nas freguesias do Cartaxo, Pontével, Vale da Pinta e Vila Chã de Ourique.
O presidente do município ressalva que não se trata de repavimentações de ruas inteiras “mas sim da reposição de condições de segurança e circulação em troços que necessitam trabalhos urgentes”. “Alguns trabalhos obrigam a trabalhos estruturais como ao nível dos sistemas de drenagem de águas pluviais”, acrescenta Pedro Magalhães Ribeiro (PS) sublinhando os “constrangimentos financeiros” em que vive o município.
As obras da primeira fase estão no terreno e incluem intervenções nos troços na rotunda do Ciclista, intersecção do Largo Vasco da Gama com a Rua 5 de Outubro, Rua Manuel Gomes da Silva, Rua Luís de Camões, estacionamento da Rua Serpa Pinto e parte da Circular Urbana no Cartaxo; Beco do Paço, Rua das Marotas e Rua Luís Duarte em Pontével; Rua e Travessa das Lameiradas em Vale da Pinta; e Rua Mariano de Carvalho, com possível extensão dos trabalhos até ao beco com o mesmo nome, em Vila Chã de Ourique.
O concurso público para a segunda fase do Plano de Recuperação da Rede Viária Municipal 2016-2020 vai ser lançado até ao início de Fevereiro, sendo discutido com os presidentes das juntas de freguesias do concelho para definição de prioridades, afirmou o autarca do Cartaxo na reunião de câmara de 3 de Janeiro.
Esta segunda fase está incluída no orçamento municipal de 2017, aprovado na assembleia municipal em Dezembro, e prevê como obra prioritária a Rua Manuel Bernardo das Neves, no Cartaxo. Segundo o autarca, está deverá absorver metade dos 350 mil euros definidos anualmente para o plano de beneficiação das estradas municipais e incluiu intervenções num troço compreendido entre o entroncamento com a Rua Nova de Valmosqueiro e o cruzamento com a Rua Batalhoz. Na obra estão incluídos trabalhos na rede colectores, passeios, ciclovias e arranjos urbanísticos como o estacionamento automóvel. “Neste momento esta é uma das principais zonas de cheias do concelho”, acrescenta.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...