uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
A arte que sai de mãos sábias para ver e comprar em Vila Franca de Xira

A arte que sai de mãos sábias para ver e comprar em Vila Franca de Xira

A 37ª edição do Salão de Artesanato da Feira de Outubro começou esta sexta-feira, 29 de Setembro, e vai estender-se até 8 de Outubro no Pavilhão Multiusos de Vila Franca de Xira, no Campo do Cevadeiro.

Edição de 04.10.2017 | Economia

Agente da PSP em Lisboa durante o dia e artesão de miniaturas de barcos tradicionais portugueses nos tempos livres, Raul Oliveira, 58 anos, natural de Viseu e residente no Forte da Casa, foi um dos 125 artesãos provenientes de todo o país que este ano foram convidados para mostrarem os seus trabalhos no 37º Salão de Artesanato da Feira de Outubro, em Vila Franca de Xira.
As criações de Raul não se limitam às réplicas de barcos tradicionais, mas são esses que saltam à vista e que chamaram há anos a atenção da antiga presidente da câmara, Maria da Luz Rosinha, que lhe encomendou uma réplica para si. Este ano, tanto ela como o presidente Alberto Mesquita passaram pelo expositor de Raul e maravilharam-se com as imitações pormenorizadas dos barcos, cada um diferente do outro: “Tento sempre fazer réplicas o mais próximas possível do original através de fotografias que lhes tiro. Depois construo os barcos, pinto e decoro só a olhar pelas fotografias”, conta Raul.
O artesão descobriu a paixão pelo artesanato na escola primária, nas aulas de Trabalhos Manuais, e a paixão pelos barcos varinos, rabelos e de outras origens também foi influenciada pelo tempo que passou na Marinha. Agora são as embarcações e os cais que constrói para as acompanhar, tão únicos como cada barco, que o tornam conhecido. “Agora quando me reformar quero ver se tenho mais tempo para me dedicar à arte e ir mais longe mostrar os meus trabalhos. Já fui convidado por outros municípios para expor lá, mas com o horário de trabalho que ainda tenho não foi possível”.
Além de Raul estiveram no Salão de Artesanato muitos mais criadores do concelho de Vila Franca de Xira e não só, como Leonor Ferreira, 53 anos, que no stand Leoflorália, o nome da loja florista e de presentes que tem na cidade, expõe bonecas e outras criações em tecido que faz no tempo livre. Começou há 19 anos “porque sempre gostei muito de trabalhar em tecido e porque começou a haver cursos de trapologia em VFX e aproveitei para começar”. É no Natal que recebe mais encomendas para presentes, especialmente bonecas de pano para meninas, e no Colete Encarnado recebe encomendas de bonecos campinos e ceifeiras.
Também Armanda Ferreira, 71 anos, tesoureira da Associação de Artesãos de Alhandra, esteve no Salão através do expositor da associação com os seus bordados em linho com linhas abertas e quadros em ponto cruz. Antes de se reformar, Armanda tinha uma pastelaria, mas sempre gostou de trabalhar em malhas e bordados, tendo aprendido tudo sozinha: “Não tive ninguém para me ensinar. Olho para uma revista e tento fazer igual. Já expus os meus trabalhos em Alenquer uma vez e quando é pelo Natal exponho os presépios que faço à mão, em que não podemos comprar uma única peça já feita, no Museu de Alhandra”.
Além dela estiveram no stand a vice-presidente da associação, Fátima Currito, a secretária da direcção, Judite Soares, e uma das sócias, Noémia Casquinha, a representarem a colectividade e a tentarem mostrar o que de melhor fazem, atrair mais sócios.

Inovação atrai mais público

Naquela que é a melhor mostra dos costumes e dos hábitos de vida do Ribatejo, a oferta cultural, gastronómica, de vestuário, objectos de decoração e demais criações apresentadas nos expositores ultrapassa fronteiras: quem for visitar a mostra no Pavilhão Multiusos do Campo do Cevadeiro encontrará artistas dos quatro cantos do país, o que revela a intenção de “inovar a oferta que tem vindo a atrair públicos cada vez mais diversificados”, explica Alberto Mesquita. O salão estará a funcionar até sexta-feira, 8 de Outubro.

A arte que sai de mãos sábias para ver e comprar em Vila Franca de Xira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido