uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Ficar cego de uma vista e dependente de uma justiça que anda muito devagar

Edição de 04.10.2017 | O MIRANTE dos Leitores

O que está a acontecer a este tractorista de Fazendas de Almeirim que ficou sem poder trabalhar por ter ficado cego de uma vista, na sequência daquilo que diz ter sido uma falha no atendimento médico no Hospital de Santarém é o drama de muita gente em Portugal. Com 36 anos foi reformado por invalidez e ficou com 277 euros de reforma por invalidez mas agora tem que aguardar pela justiça para saber se o pedido de indemnização que apresentou por negligência médica, vai ser julgado a seu favor, ou seja, vai ter que aguardar vários anos.
Espero que esteja em condições de fazer algum trabalho para ganhar mais alguma coisa, conforme é permitido por lei pois só assim poderá viver com um mínimo de dignidade e sustentar a família. Não sei se o senhor tem razão ou não mas a justiça deveria ser mais célere em Portugal.
Jorge Fernandes Patrocínio

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido