uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Fogos criminosos iguais a penas máximas

Edição de 04.10.2017 | O MIRANTE dos Leitores

À volta dos fogos de Pedrógão, por serem mais mortíferos, procuram-se culpados através de analistas políticos, jornais, televisões, partidos. É o Estado, são os Bombeiros, é a GNR, é a incompetência. E há inquéritos sempre à volta destes mesmos à procura de culpados. Pede-se a demissão deste e daquele …E toda esta multidão de falantes, escritores e políticos não tocam no essencial, que é: Quem põe os fogos? Quando é que moldam as leis para classificar isso de crime de lesa Pátria e de crime contra a Humanidade? Fora a riqueza que se perde e afecta milhares; fora as doenças que se criam do foro psicológico e físico; fora as paisagens que desaparecem, o oxigénio que se queima e que é importante. Os fogos da Califórnia afectam a Europa; os da Grécia afectam a América; os da França ou da Ilha da Madeira afectam tudo, tanto a Antárctida como a Península Ibérica … Por isso aí andam à solta as grandes calamidades naturais em todo lado e mais estão para vir. Por exemplo, toda a nossa Península Ibérica pode passar a deserto. Qualquer fogo posto criminoso devia ter sempre 25 anos de cadeia, se fosse em Portugal e em todo em cada país devia ter a pena máxima, mesmo pena perpétua! Abram os olhos e vejam longe senhores dos Governos e das Leis!
Américo Bernardes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido