uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Nersant ajudou à criação de 356 empresas em quatro anos

Nersant ajudou à criação de 356 empresas em quatro anos

Associação empresarial quer manter a aposta no empreendedorismo e no apoio à renovação e internacionalização das empresas da região.

Edição de 02.11.2017 | Economia

A Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém apoiou, nos últimos quatro anos, a criação de 356 empresas e 511 postos de trabalho e contribuiu para o crescimento das exportações regionais, disse a sua presidente, Maria Salomé Rafael, eleita para um novo mandato de três anos. A responsável fez um balanço positivo do trabalho da Nersant na cerimónia de tomada de posse dos órgãos sociais da associação empresarial para o período 2017/2019, realizada em Tomar.
Em comunicado, a Nersant afirma que as exportações da região de Santarém aumentaram 23,6% entre 2011 e 2016, um aumento que entre 2015 e 2016 foi bastante superior à média nacional (2,9% contra 0,9%), e o número de empresas exportadoras cresceu 30% entre 2013 e 2014. “Nos últimos quatro anos, ajudámos 1.558 empreendedores e apoiámos directamente a criação de 356 empresas e 511 postos de trabalho. Em 2017 já apoiámos a criação de mais de 80 novas empresas”, declarou Salomé Rafael.
A presidente da Associação Empresarial da Região de Santarém quer manter a aposta no empreendedorismo e no apoio à renovação e internacionalização das empresas da região mas chama a atenção para as dificuldades que muitas empresas continuam a passar. Em particular refere as “soluções de financiamento bancário que ainda não respondem” às necessidades das empresas, sobretudo das de pequena e média dimensão.
Salomé Rafael frisa que a associação tem apresentado propostas para que as linhas de apoio a Business Angels e Capitais de Risco sejam operacionalizadas rapidamente, “assegurando que são direccionadas para as necessidades da economia real”.
“Propomos também que se possa rever a linha de capital reversível, implementando-a em todo o país, bem como a criação de um fundo especializado na reestruturação e na conversão de dívida em capital, com o duplo objectivo de reestruturar e capitalizar as empresas”, declara a mesma responsável.
A presidente da Nersant destaca ainda o sucesso da ‘Startup’ de Santarém, criada em parceria com a Câmara Municipal de Santarém, e desafia os outros municípios do distrito a ajudarem a associação a “estender a marca ‘Startup’ Ribatejo a toda a região”.
A tomada de posse dos 87 membros dos órgãos sociais da Nersant aconteceu no final do segundo dia de reuniões bilaterais entre empresas estrangeiras e portuguesas proporcionadas pelo Nersant Business, num total de 1.091 encontros de negócios realizados ao longo dos dias 23 e 24 de Outubro.
No encontro estiveram mais de 70 empresários e importadores vindos da África do Sul, Angola, Argélia, Azerbaijão, Bélgica, Brasil, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, China, Colômbia, Costa Rica, Emirados Árabes Unidos, Equador, Estados Unidos da América, França, Gana, Geórgia, Holanda, Hungria, India, Irão, Letónia, Luxemburgo, Marrocos, México, Moçambique, Panamá, Perú, República Dominicana, República Checa, Roménia, S. Tomé e Príncipe, Sérvia, Suíça, Taiwan, Turquia e Ucrânia.

Nersant ajudou à criação de 356 empresas em quatro anos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...