uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
João Santos quer Colete Encarnado património imaterial de Portugal

João Santos quer Colete Encarnado património imaterial de Portugal

Novos eleitos da freguesia de Vila Franca de Xira tomaram posse. Novo presidente da junta emocionou-se e prometeu valorizar funcionários e envolver a população para uma freguesia melhor.

Edição de 02.11.2017 | Política

O novo presidente da Junta de Freguesia de Vila Franca de Xira, João Santos (PS), assumiu como bandeira do seu mandato candidatar as festas do Colete Encarnado a património imaterial e cultural de Portugal. A intenção foi avançada no discurso de tomada de posse na noite de 19 de Outubro, no Ateneu Vilafranquense.
A candidatura da festa mais castiça da cidade foi o ponto alto do discurso de tomada de posse, onde o autarca manifestou a sua vontade de criar uma freguesia de valor acrescentado, mais inclusiva, dinâmica e que saiba valorizar as suas características.
João Santos garante que vai sair dos gabinetes para ir aos locais ver os problemas e que “não haverá um vilafranquense que, tendo uma ideia, não a possa expressar. Vamos estar de corpo e alma ao lado do próximo”, vincou.
Revitalizar a cidade, dinamizar o comércio e apoiar o movimento associativo foram outras das suas ideias chave, sem esquecer a limpeza urbana, o estacionamento e uma maior mobilidade. O autarca vai também avançar com um plano de limpeza e desinfecção para a cidade.

Queixas da CDU mancharam a noite
A tomada de posse ficou marcada por um discurso duro da bancada da CDU onde esta se queixou de ter ficado ausente da mesa da assembleia, acusando os socialistas de “falsidade”. Num tom bélico, João Conceição, da CDU, que perdeu a junta ganha há quatro anos por Mário Calado, usou da palavra para “repudiar a falsidade” com que “o PS quer colocar os eleitos da CDU” no que diz respeito aos acordos pós-eleitorais, afirmando que estes “não estão contra tudo e contra todos” e que sempre estiveram disponíveis para abraçar um cargo no executivo.
“A comissão política do PS não fez qualquer contacto durante este tempo todo e só esta manhã recebi um telefonema do seu líder a abordar esse assunto. Estivemos interessados mas quem desrespeitou não foi a CDU. Quem quer construir uma mesa plural e representativa não liga no dia 19 de manhã. Podem contar connosco para participar na assembleia mas não no jogo político”, criticou João Conceição.
Foi o primeiro teste de fogo político a João Santos, que respondeu à letra às acusações de João Conceição e já mostrou que não se fica quando toca a esgrimir argumentos. “Tentei imensas vezes contactar connvosco e nunca fui atendido. Até nas redes sociais tentei falar convosco. Curiosamente, quando tentei ligar de um número que não era o meu fui logo atendido”, criticou, perante um aplauso geral. João Santos ainda lamentou a “falta de decoro” do executivo cessante em não ter passado a pasta aos novos eleitos, “como seria normal”.
O socialista Filipe André Valente é o novo presidente da assembleia de freguesia, tendo como secretários Edília Ferreira e Arlindo Ferreira.

João Santos quer Colete Encarnado património imaterial de Portugal

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...