uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

São fantasmas que poluem o Tejo e por isso ninguém sabe de onde vem a poluição

Edição de 01.02.2018 | O MIRANTE dos Leitores

Os ambientalistas fartaram-se de protestar contra a poluição que diziam ser provocada pela Celtejo, a tal fábrica de pasta e papel em Vila Velha de Ródão, que se atirou ao ambientalista Arlindo Consolado Marques exigindo-lhe 250 mil euros de indemnização.
Agora, na sequência do tal manto de espuma que encheu o Tejo na zona de Abrantes, o Ministério do Ambiente ordenou que a mesma reduzisse a produção a 50 por cento durante dez dias.
Provavelmente pelo respeitinho que tem à Celtejo o senhor ministro acrescentou logo que a culpa da poluição não era daquela empresa. Enfim...estamos entregues a uma trupe de cómicos!
Mário Roberto
Feliz Mendonça

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...