uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Cineteatro municipal de Ourém recebe investimento de 2,2 milhões de euros
MEMÓRIA. Imagem do concerto dos 30 anos da Orquestra Típica de Ourém, no Cineteatro da cidade, em Março de 2012

Cineteatro municipal de Ourém recebe investimento de 2,2 milhões de euros

Edifício construído há 30 anos é a única sala de espectáculos propriedade da câmara

Edição de 12.04.2018 | Sociedade

O Cineteatro de Ourém, única sala de espectáculos propriedade da câmara municipal, inaugurado há 30 anos, vai ser reabilitado num investimento previsto de cerca de 2,2 milhões de euros, disse o presidente da autarquia, Luís Albuquerque (PSD/CDS), em sessão camarária. “É a única sala de espectáculos da câmara e nunca teve qualquer intervenção de fundo nestes 30 anos”, afirmou o autarca, explicando que, neste momento, está a decorrer a fase para as empresas apresentarem as suas propostas. Está previsto que as obras arranquem no final do ano e tenham um prazo de execução de 20 meses.
“Este é um projecto que está incluído no PEDU [Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano] e foi iniciado no mandato anterior”, adiantou o autarca, acrescentando que houve um melhoramento do projecto com a introdução do sistema AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado). Albuquerque referiu que a obra é financiada em 1,2 milhões de euros por fundos comunitários, sendo a verba restante assegurada pelo orçamento municipal. “Trata-se de uma obra de grande envergadura técnica e tem algumas especificidades, pelo que as empresas que concorrerem têm de apresentar alguns requisitos e demonstrar experiência nesta área”, referiu.
Para Luís Albuquerque, concluído o investimento, o concelho ganha uma sala que poderá acolher outro tipo de espetáculos. “Terá melhores condições para receber a actividade cultural que existe no concelho, para que as associações possam ter melhores condições para apresentarem o seu trabalho e o público outro tipo de conforto que não tem hoje”, garantiu, acreditando que o investimento vai valorizar muito a oferta de espaços culturais. Acrescentou que o objectivo é o de que o cineteatro apenas receba espectáculos de música, teatro, dança e outras artes”, mas não cinema como sucedeu no passado. “O município pretende encontrar condições noutro edifício para a criação de um pequeno estúdio para a exibição de cinema”, acrescentou.
A intervenção projectada inclui a reabilitação da envolvente exterior do edifício e substituição dos sistemas de cobertura e a remodelação dos espaços relativos à sala de espectáculos, áreas sociais e de apoios. O investimento contempla também a alteração e ampliação da caixa de palco e área de camarins, com a criação de acesso directo exterior para cargas e descargas e a adaptação da área do piso -1 para instalações sanitárias e acesso à plateia. Já a sala polivalente no piso 1 será ampliada, prevendo-se a instalação de elevadores nas áreas comuns e de camarins/palco que permitam a acessibilidade total ao edifício.

Cineteatro municipal de Ourém recebe investimento de 2,2 milhões de euros

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...