uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Célia Nunes 
Célia Nunes Professora de Babyoga/Playoga, 41 anos, Entroncamento

Célia Nunes 

Professora de Babyoga/Playoga, 41 anos, Entroncamento

Edição de 21.06.2018 | Agora Falo Eu

Tem orgulho em ser cidadã da União Europeia? Sim e temos a vantagem de poder circular livremente em todos os Estados-Membros.

Qual é o seu truque para manter a calma perante um imprevisto desagradável? Respirar. O controlo da respiração permite-nos acalmar e ver as coisas com maior clareza.

Gosta de grandes reuniões familiares? Sim, gosto de conviver com as pessoas que são importantes para mim.

Existe algum animal de companhia que gostasse de ter e não pode? Sim, gostava de ter um cão mas infelizmente não tenho condições habitacionais para o ter.

Qual o objecto que nunca fica em casa? A carteira com os documentos e o dinheiro.

Gosta de comemorar o seu aniversário? Qual o melhor presente que já recebeu? Gosto de celebrar o meu aniversário mas não destaco qualquer presente que me tenha sido oferecido. Todos os que me são dados com amor são especiais.

A beleza física é fundamental? Claro que não, só se for a beleza interior, essa sim é fundamental. Nunca se deve julgar seja o que for pela sua aparência.

Ler jornais é saber mais? Sem dúvida que ler jornais é saber mais. São uma fonte essencial de informação.

Fazem falta mais mulheres na política? Fazem falta mais mulheres na política porque, em geral, são mais práticas e assertivas na tomada de decisões.

Como é um dia bem passado? Um dia bem passado é a passear com os meus filhos e o meu marido.

Já alguma vez foi mandada parar numa operação stop? Como reagiu? O que acha destas operações? Fui mandada parar em várias operações Stop. Reagi calmamente, de consciência tranquila. Acho que são muito importantes. Só assim se consegue que haja mais respeito e que se evitem excessos de álcool e outras ilegalidades.

Era capaz de se tornar vegetariana? Claro que sim, porque gosto imenso de comida vegetariana. Quando bem confeccionada é muito saborosa e saudável.

Quando viaja prefere que meio de transporte? Quando viajo prefiro utilizar o carro, porque é o meio de transporte que nos dá mais autonomia.

Costuma dar a vez a pessoas mais idosas na fila do supermercado? Sim. Às pessoas idosas e a todas as outras que necessitem.

Acha que o sistema de justiça funciona em Portugal? O sistema de justiça nem sempre funciona da melhor maneira. Com tantos casos de corrupção em que os culpados continuam impunes, alguma coisa não está a funcionar.

Se lhe saísse o Euromilhões qual era a primeira coisa que fazia? A primeira coisa que fazia se recebesse um prémio grande no Euromilhões era dar pulos de alegria. Depois ia de férias para bem longe de modo a poder pensar com calma e consciência o que fazer ao dinheiro.

Conseguia viver sem telemóvel? Porquê? Claro que conseguia viver sem telemóvel. Já vivi muitos anos sem telemóvel e consegui viver feliz. É claro que o telemóvel nos traz inúmeras vantagens mas não é um aparelho essencial para se poder viver.

O Facebook e as outras redes sociais melhoraram a sua vida? De certa forma sim, porque utilizo muito o facebook para poder divulgar o meu trabalho como professora de Babyoga/Playoga e também para poder estar em contacto com os amigos.

Nas férias que destinos prefere? Prefiro a praia, porque o mar transmite-me bem-estar e é muito relaxante. Este ano vou para o Algarve.

Célia Nunes 

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques