uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Distrital do PSD exige intervenção urgente nas barreiras de Santarém

Partido foca a necessidade de obras na encosta das Portas do Sol sobranceira à Linha do Norte.

Edição de 19.12.2018 | Sociedade

A distrital de Santarém do PSD pediu uma “intervenção urgente do Governo”, através da Infraestruturas de Portugal (IP), na consolidação das encostas de Santarém, nomeadamente na da zona das Portas do Sol, sobranceira à Linha do Norte, para “salvaguarda, segurança e protecção” de pessoas e bens.
Referindo um parecer de 2016 da Procuradoria-Geral da República - divulgado na semana passada pela Câmara de Santarém, que “reforça mais uma vez a necessidade imperiosa de intervenção na consolidação das barreiras de Santarém”, por representarem uma “ameaça à segurança” da Linha férrea do Norte “e do tráfego que nela se processa” -, a distrital social-democrata considera “muito grave que o Governo, tendo tido conhecimento desta situação em 2017, nada tenha feito para salvaguardar a segurança e a vida dos milhares de cidadãos que todos dias utilizam as vias mencionadas no relatório”.
Considerando ser este “um problema nacional” a necessitar de “resposta urgente e sem reservas orçamentais”, o presidente da distrital, João Moura, lamenta “a política cega de cativações e desinvestimento público sem precedentes”, que “coloca em causa a segurança e vida dos portugueses”, como se tem verificado nos últimos anos.
Uma semana antes também a Câmara de Santarém reafirmara a sua “enorme preocupação” com a ausência de informação da Infraestruturas de Portugal sobre a consolidação da encosta das Portas do Sol, dado o risco de derrocadas sobre a Linha do Norte, principal via ferroviária do país.
Em comunicado sobre a demora na reabertura da Estrada Nacional (EN) 114, encerrada desde o Verão de 2014 devido a uma derrocada na encosta de Santa Margarida, o município escalabitano lembrou a preocupação com a situação na encosta das Portas do Sol, “que confina com a Linha do Norte, onde diariamente passam dezenas de comboios, transportando milhares de pessoas”.
O executivo liderado por Ricardo Gonçalves (PSD) afirma que “já manifestou a sua enorme preocupação junto da Infraestruturas de Portugal, solicitando informação sobre as intervenções previstas” para estabilização da encosta e “reforçando a própria preocupação da IP”, quando, em 2016, declarou à Procuradoria Geral da República ser “necessário e urgente que se efectue uma obra de consolidação na encosta das Portas do Sol, de forma a impedir que, por causas naturais, os terrenos se abatam, nomeadamente sobre a via férrea”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...